HOSPITAL ESCOLA DA UFPEL RECEBE NOVO TOMÓGRAFO PARA ATENDIMENTO SUS

205
Com o exame de tomografia, é possível obter imagens detalhadas do interior do corpo humano, permitindo o diagnóstico preciso de diversas doenças e condições. Foto: Divulgação – Fabricante.

O investimento de R$3,6 milhões foi realizado por meio da compra centralizada da Rede Ebserh, com recurso do Rehuf

O Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE-UFPel), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), anunciou o recebimento de um tomógrafo que entrará em operação em 2024. Com investimento de R$3.656.857,37, o equipamento de última geração possibilitará avanço na qualidade dos exames e na agilidade dos resultados, qualificando o atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A aquisição foi realizada por meio da compra centralizada da Rede Ebserh, com recurso proveniente do Programa de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), e beneficiará outros 13 hospitais universitários vinculados à estatal, totalizando investimento de R$51,1 milhões.

A tomografia é um exame de imagem não invasivo que utiliza uma combinação de raios-X e computadores programados para produzir imagens de alta qualidade do interior do corpo humano, por exemplo, de vasos sanguíneos, ossos, fígado, cérebro, ovários, rins, pâncreas, pulmões e vias biliares. Além disso, é uma ferramenta importante que auxilia para o diagnóstico precoce e preciso de diversas doenças, dentre elas, acidentes vasculares cerebrais (AVC), tumores, lesões, infecções, fraturas e outras alterações que podem afetar a saúde dos pacientes.

O novo equipamento, o Philips Incisive CT Pro, é uma configuração de tomografia de alto desempenho, possui 64 canais e recursos avançados de software. Uma das principais vantagens é a abordagem de reconstrução iterativa IDose4, que permite ao operador equilibrar a qualidade da imagem com uma baixa dose de radiação aplicada ao paciente. Além disso, o tomógrafo conta com um redutor de artefatos metálicos ortopédicos, o que melhora a visualização dos tecidos e estruturas internas do corpo humano.

A aquisição, como explica o chefe do Setor de Engenharia Clínica (STEC), Cleiton da Gama Garcia, trará benefícios não apenas para os pacientes, mas também para o HE-UFPel. “Com a aquisição desse equipamento mais moderno, a instituição terá uma redução no consumo de energia elétrica e, também, uma economia no uso de contrastes, uma vez que o equipamento possui a tecnologia que exige uma baixa dosagem aplicada ao paciente durante os procedimentos”, afirma.

A instalação do novo tomógrafo requer uma adequação na infraestrutura física do HE-UFPel, que terá início em novembro. A previsão é que o equipamento chegue em dezembro e comece a operar em janeiro de 2024.

 

Sobre a Ebserh

O HE-UFPel faz parte da Rede Ebserh desde 2014. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 41 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) ao mesmo tempo que apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e inovação.