CPI DO PRONTO SOCORRO COMEÇA OS TRABALHOS

101
A prefeitura de Pelotas já abriu uma sindicância para apurar os indícios de desvios de recursos do PS Pronto Socorro de Pelotas. Foto: Vitória Leitzke / Jornal Tradição

Numa sessão tensa na última terça-feira, 19.03, na Câmara de Vereadores de Pelotas, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Pronto Socorro (PS) finalmente iniciou seus trabalhos, sob a presidência do vereador Rafael Amaral-PP/Progressistas e a relatoria do vereador Jurandir Silva-PSOL.

As discussões na sessão aconteceu devido à tentativa do governo de emplacar a relatoria da CPI que visa investigar as suspeitas de desvios no PS, contrariando o acordo feito. A prefeitura de Pelotas já abriu uma sindicância para apurar os indícios de desvios de recursos do PS, já que Inconsistências foram encontradas em pagamento de notas em duplicidade; os gestores à frente do PS foram afastados e estão sendo investigados.