PELOTAS E SUZU (JAPÃO): 60 ANOS DE IRMANDADE

229
O jornalista Clayton Rocha, Luis Carlos Lessa Vinholes e a reitora da Universidade Federal de Pelotas, Dra, Isabela Fernandes Andrade. Foto: Paulo Gastal Neto / Treze Horas.

Na última sexta-feira, 15.09, a Prefeitura de Pelotas prestou homenagem ao ex-diplomata e compositor pelotense, Luiz Carlos Vinholes. A solenidade aconteceu na sala de exposições Frederico Trebbi, no Paço Municipal. Vinholes é o responsável pelo estreitamento de laços entre o município e a cidade de Suzu, no Japão, que tornaram-se cidades irmãs em 1963. O Treze Horas esteve presente na homenagem com o jornalista Clayton Rocha e o repórter Paulo Gastal Neto. O Programa Treze Horas, que compelta 45 Anos neste anos de 2023, é entusiasta das irmandades entre as cidades de Pelotas – Suzo e Pelotas, Aveiro (Portugal), Aracati (Ceará) e Colônia do Sacramento, no Uruguai. Luis Carlos Lessa Vinholes agradeceu a homenagem: “Eu recebo essa homenagem com muita humildade e muita alegria, pois quando saí de Pelotas, fiz questão de não cortar meu cordão umbilical com a cidade e quando fui embora, o município ainda não tinha 100 mil habitantes. Quando voltei, a cidade já passava dos 200 mil habitantes, e, mesmo assim, o carinho e o comportamento dos pelotenses uns com os outros não mudaram em absolutamente nada”, ressaltou o homenageado

Prefeita Paula Mascarenhas participou do ato de descerramento da placa em homenagem à L. C. Vinholes. Foto: Gustavo Vara

A prefeita Paula Mascarenhas, presente ao momento da homenagem, destacou o pioneirismo de Vinholes na criação de laços entre as cidades e ressaltou sua importância no incentivo de outras irmandades municipais.  “Hoje, homenageamos o responsável pela irmandade histórica de Suzu com Pelotas que completa 60 anos em 2023, e originou laços com outras cidades, como Aveiro, Colônia de Sacramento e Aracati. Tudo isso partiu de uma conversa de Vinholes com o vice-prefeito de Suzu, que acabou chamando atenção do prefeito Ryuichiro Okamura lá no Japão, assim como de João Carlos Gastal aqui em Pelotas. E, hoje, 60 anos após este encontro, estamos aqui provando que continuamos conectados com Suzu e esta é nossa forma de agradecimento ao Vinholes pelo seu papel de diplomata, criando pontes e unindo povos através do diálogo”, declarou Paula.

A reitora da UFPEL – Universidade Federal de Pelotas, Dra. Isabela Fernandes Andrade, também presente ao ato, ressaltou a importância de Vinholes para a cultura pelotense e a o orgulho da UFPEL, em ser a guardiã de documentos históricos entre as duas cidades.Estavam presentes na homenagem à L. C. Vinholes, o secretário da Cultura, Paulo Pedrozo, o diretor do teatro Sete de Abril, Giorgio Ronna, o assessor especial do Esporte, Carlos Júnior, o secretário de Governo e Ações Estratégicas, Fabio Machado, o secretário de Planejamento e Gestão, Roberto Ramalho, a assessora especial do Pacto Pelotas pela Paz, Aline Crochemore e a reitora da UFPel, Isabela Andrade. Após o descerramento da placa, o compositor, pioneiro do gênero de música aleatória, recebeu o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal de Pelotas em solenidade no realizada no Centro de Artes da UFPel.