MAIS UM PASSO PARA A CONSTRUÇÃO DA NOVA SEDE DA CÂMARA MUNICIPAL NA AV. MOZART VÍCTOR RUSSOMANO – Podcast

200
O início das obras está previsto para janeiro de 2023. Foto: Andréia Castro

“Mais um passo importante para a construção da nova sede do poder legislativo pelotense”, assim o presidente da Câmara Municipal, vereador Marcos Ferreira (Marcola – sem partido) anunciou o lançamento do edital de licitação dos projetos executivos da nova sede, em conjunto com o ato de divulgação do outdoor da obra. O ato aconteceu no Parque Una, local onde será construído o prédio. O início das obras está previsto para janeiro de 2023.

VEREADOR MARCO FERREIRA – MAIS UM PASSO NA CONSTRUÇÃO DA NOVA SEDE DA CÂMARA MUNICIPAL – Podcast

A documentação para habilitação e a proposta de preços deverão ser entregues e protocoladas até o dia 10 de novembro de 2022, com tolerância máxima de 10 (dez) minutos, com início da sessão de abertura das propostas às 09h30min do mesmo dia, no Plenarinho da Casa Legislativa.

Somente poderão participar da licitação pessoas jurídicas pertencentes ao ramo, que apresentarem o Certificado de Registro Cadastral fornecido pela Prefeitura Municipal de Pelotas ou por outros órgãos ou entidades da Administração Pública, sediados em Pelotas. O documento deverá ser apresentado acompanhado pelos documentos de habilitação. As empresas que não estiverem cadastradas poderão participar do certame licitatório, desde que apresentem, em envelope indevassável e identificado, perante a Comissão Permanente de Licitações, até o terceiro dia anterior à data do recebimento das propostas, todos os documentos necessários ao cadastramento, não se eximindo de apresentar, na solenidade de abertura, em envelope devidamente lacrado e identificado. Todos os documentos exigidos para o cadastramento, quando for o caso, deverão estar válidos até a data limite fixada para a abertura dos envelopes.

“Importante este momento para o legislativo que tem 190 anos e nunca teve uma sede própria, então estamos aqui para dar mais um passo para a construção. A autorização para a licitação é mais uma etapa e nós esperamos que os prazos sejam cumpridos, que a licitação tenha bastante empresas participando em nível de Brasil e que possamos chegar em 2024 com a certeza que o prédio estará aberto a população, pois é para isso que estamos trabalhando”, disse Marcola.

Foi na gestão 2021 do então presidente, Cristiano Silva (União Brasil), que a Câmara Municipal oficializou a construção da nova sede no Parque Una, uma parceria entre legislativo, executivo e a construtura Idealiza Urbanizo, através do sócio Fabiano de Marco.

“É um momento muito feliz para o poder legislativo que terá a sua sede própria. Um sonho que começou no ano passado quando decidimos vir para o Parque Una, sem custo algum, pois aqui é uma área institucional, onde o empreendedor repassou ao município 3% da área do empreendimento em um processo legal”, complementa o parlamentar.

O vice-prefeito, Idemar Barz (PSDB), representou o poder executivo e valorizou o empenho da Câmara em agilizar todos os processos para que as obras sejam concluídas ainda dentro desta legislatura.

“Chegamos até aqui graças ao trabalho e emprenho desta gestão. Enfim o poder legislativo pelotense terá uma sede própria, bem localizada, com acesso fácil, funcional e que certamente vai servir bem a comunidade pelotense. Finalmente um prédio próprio, a altura da cidade de Pelotas”, disse Barz.

Estiveram presente no ato os vereadores Jone Soares (PSDB), Márcio Santos (PSDB), Michel Promove (PP), César Brisolara (Cesinha – PSB), Paulo Coitinho (Cidadania), Carlos Júnior (PSD) e Cristiano Silva (União Brasil), o secretário de governo, Fábio Machado, a presidente e o vice da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Pelotas (AEAP), Vivian Magalhães e Miguel Medina, o representante do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul (CREA-RS) Jacques Reydams, o representante da Secretaria de Qualidade Ambiental, Alcides Ribeiro, e três membros da comissão julgadora que escolheu o projeto arquitetônico do novo prédio da Câmara, Ana Helena Di Primio, Fábio Caetano e Ricardo Prates.