DIPLOMATAS DO URUGUAI VISITAM O PELOTAS PARQUE TECNOLÓGICO

249
O Embaixador do Uruguai, Guillermo Valles Galmes, e a Cônsul Liliana Buonomo, estiveram nesta quarta-feira, 07.12, no Pelotas Parque Tecnológico. Foto: Divulgação.

Reunião com o Embaixador Guillermo Valles Galmes e a Cônsul Liliana Buonomo ocorreu na manhã desta quarta-feira, na sede do Parque. .

.
Valorização da cultura e conexão entre países: esse foi o tema central da reunião que recebeu o Embaixador do Uruguai, Guillermo Valles Galmes, e a Cônsul Liliana Buonomo, nesta quarta-feira, 07.12, no Pelotas Parque Tecnológico. Em sua estadia em Pelotas, os diplomatas aproveitaram a agenda para visitar o Memorial Eládio Dieste, instalado no local com apoio do projeto Práticas Patrimoniais da Universidade Católica de Pelotas e outros parceiros, em homenagem ao arquiteto e engenheiro uruguaio que inspirou a arquitetura do local onde hoje conta com centenas de projetos tecnológicos e inovadores.
.
“Acho que essa visita é muito importante para nos reconectarmos, pois fazemos parte de uma cultura comum, fronteiriça e hispano-americana. Em meio a uma crise, na qual ficamos afastados no sentido humano, o Pelotas Parque Tecnológico encontrou uma forma de superar isso através da tecnologia, da informação e da comunicação de uma forma incrível, se conectando com o meu país através de Eládio, que vem de outra era, ao mundo digital. Isso tem que ser mostrado ao mundo”, salientou o Embaixador.
.
Ainda durante o encontro dos diplomatas com a Diretoria Técnica, com a presença do Diretor Edgar Mattarredona, da Diretoria Executiva, com a Diretora Rosâni Ribeiro, e do Conselho Administrativo, através do Conselheiro e representante da UCPel, Fábio Neves, os professores de Arquitetura e Urbanismo responsáveis pelo projeto do Memorial, Ricardo Brod Mendez e Daniele Luckow, apresentaram uma novidade: a iniciativa de levar as obras de Dieste ao Metaverso com um passeio virtual.
.
Para Ricardo Mendez, levar o espaço do memorial e outras obras a um endereço virtual e ao Metaverso surgiu da intenção de internacionalizar os projetos locais. “Pensamos em não só deixar restrito a esse espaço, mas também levar a um espaço virtual, com um endereço, onde as pessoas tenham acesso a esse universo de realidade aumentada”, explicou o professor. O conselheiro e representante da UCPel, Fábio Neves, também destacou a atuação dos alunos na implementação do Memorial Eládio Dieste, assim como a oportunidade de estreitar os laços entre Pelotas e o Uruguai através desse espaço físico no parque, além do virtual.
.
Desde a sua fundação, o prédio onde hoje está localizado o parque tecnológico de Pelotas ainda não havia entrado para o acervo do arquiteto, mas possui as características de suas obras, com a alvenaria armada e as abóbadas de dupla curvatura. Foto: Divulgação Pelotas Parque Tecnológico.

Memorial Eládio Dieste 

Inaugurado em 1º de julho deste ano, o Memorial Eládio Dieste é uma união de esforços em prol de reconhecer o prédio do Pelotas Parque Tecnológico como uma das obras do engenheiro e arquiteto uruguaio e dar visibilidade às suas técnicas inovadoras de construção. O projeto foi desenvolvido ao longo de mais de dois anos, e contou com a parceria da Prefeitura Municipal de Pelotas, da UCPel, além do apoio de diversas entidades e parceiros como o próprio Escritório Dieste y Montañez SA, e a Fundación Dieste.

Desde a sua fundação, o prédio onde hoje está localizado o parque tecnológico de Pelotas ainda não havia entrado para o acervo do arquiteto, mas possui as características de suas obras, com a alvenaria armada e as abóbadas de dupla curvatura. A exposição conta com mais de 17 painéis com uma linha do tempo das obras de Dieste, contando a sua história e dos seus icônicos prédios que deixaram a sua marca em diversas partes do mundo.