BANDEIRA DO TREZE HORAS: LIBERADOS PARA O TRÁFEGO OS VIADUTOS DE TURUÇU E SÃO LOURENÇO NA BR-116

304
Parte da duplicação da BR-116/RS, complexo de viadutos já pode ser acessado no sul do estado. Foto: DNIT/Divulgação

O Governo Federal, por meio do Ministério dos Transportes, liberou ao tráfego dois viadutos na BR-116/RS, no Rio Grande do Sul: um no município de São Lourenço Sul e o outro em Turuçu. A medida garante mais segurança aos usuários que passam pelo trecho e faz parte dos serviços remanescentes dos lotes 7, 8 e 9 das obras de duplicação da BR-116/RS, no trecho entre Guaíba e Pelotas.

Principal via de acesso ao sul do estado e ao Porto de Rio Grande (RS), a rodovia federal recebe ações e duplicação, adequação e ampliação de capacidade em um total de 211 quilômetros. A via também é o principal acesso do estado até o Uruguai, sendo também um dos principais corredores de escoamento de produção entre o Brasil e o Mercosul.

Serviços

A retomada dos trabalhos pelas equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) nos chamados lote 8 e 9 garantiu a entrega do viaduto longitudinal sentido Porto Alegre, localizado no quilômetro 483,1 da rodovia federal. Com a conclusão dessa travessia em pista dupla, com 93 metros de extensão, o departamento finaliza o complexo de viadutos paralelos no acesso ao município de Turuçu.

O complexo é formado por dois viadutos – o outro, sentido Pelotas, já estava em operação – e recebeu R$ 17 milhões em investimentos federais. No segundo segmento falta duplicar oito quilômetros de pistas para a conclusão total dos trabalhos: a previsão é que atingir 100% dos serviços finalizados no primeiro semestre de 2024.

Também foram liberadas ao tráfego as três alças de acesso do viaduto localizado no quilômetro 465,4 da rodovia, em São Lourenço do Sul. A estrutura passa a facilitar o acesso da BR-116/RS para a ERS-265, além de garantir mais segurança no tráfego para ingressar no município e para a comunidade do Boqueirão. Os trabalhos de conclusão da quarta alça prossegue: a futura liberação total do viaduto é prevista para fevereiro de 2024.

Via de grande fluxo

  • Pelo segmento da BR-116/RS entre Guaíba e Pelotas transitam em média 3,8 mil caminhões de carga e mais de 2,2 mil veículos de passeio.
  • Dos 211,2 quilômetros de duplicação previstos na estrada, já estão concluídos e em operação 163,2 quilômetros.
  • Entre as melhorias que constam no projeto de duplicação se destacam travessias urbanas, ruas laterais, retornos operacionais, pontes, viadutos e passarelas.
  • Além de promover o desenvolvimento na região, o Governo Federal, com a obra, oferece mais segurança e organização ao tráfego interno das comunidades do sul gaúcho.