ASSINADA ORDEM DE SERVIÇO DAS OBRAS DO PARQUE DA BARONESA

154

A prefeita Paula Mascarenhas assinou a ordem de serviço para a realização das obras de requalificação do Parque da Baronesa. Com investimento de aproximadamente R$ 7 milhões, o projeto será financiado com recursos do governo do Estado, com contrapartida da Prefeitura.

“Quando nós oferecemos espaços públicos qualificados, a comunidade se sente mais pertencente daquele lugar. Essa é uma obra que vai qualificar ainda mais o nosso Parque da Baronesa, mas sem desrespeitar o valor de memória e histórico que carrega este espaço. O Parque, que já é a escolha preferencial da comunidade de Pelotas, irá se tornar um dos maiores e mais bonitos parques do Rio Grande do Sul”, afirmou Paula.

Além da qualificação da infraestrutura com iluminação e asfaltamento de trilhas, a execução do projeto apresenta ainda uma série de novos espaços para a prática de esportes. A secretária de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul, Letícia Boll Vargas, destacou a importância do espaço para a convivência e prática de atividades ao ar livre.

“O Parque da Baronesa já é importante para a cidade, para a região e para o estado, mas com certeza irá se tornar uma referência a partir dos investimentos na requalificação. São poucos os municípios que dispõem de um espaço assim. Essa é uma área extremamente nobre, que traz a prática esportiva, a convivência entre os pelotenses, e principalmente, carrega consigo a cara de Pelotas”, frisou Letícia.

O que será feito no Parque da Baronesa

O projeto assinado contempla estruturas destinadas à prática de esportes e lazer, como novas praças e quadras esportivas de areia e poliesportiva. Também está prevista a construção de playground, academia e anfiteatro ao ar livre, além da criação e interligação das trilhas, novos caminhos pavimentados, iluminação em LED, gradil, mobiliário urbano e paisagismo.

A previsão do início das obras é de dez dias e o prazo de conclusão de oito meses. A empresa Marsou Engenharia é a responsável pela execução do projeto. O investimento total será de R$ 6,6 milhões, sendo R$5,7 milhões das secretarias estaduais de Esporte e Lazer (SEL) e de Turismo (Setur) e R$ 862 mil da Prefeitura.