PREFEITA DE PELOTAS ASSUME PRESIDÊNCIA DA AZONASUL

92
A chapa eleita para a direção da entidade tem a prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas como presidente, o prefeito de Canguçu, Vinicius Pegoraro (MDB), como 1º vice-presidente, e a prefeita de São José do Norte, Fabiany Zogbi (UB), de São José do Norte, como 2º vice-presidente. Foto: AZONASUL / Divulgação

A Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul) elegeu nesta sexta-feira (23) a sua nova presidente. A prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas (PSDB) foi eleita por aclamação para suceder o prefeito de Chuí, Marco Antonio Barbosa (UB) à frente da entidade. O processo eleitoral ocorreu dentro da normalidade, obedecendo o rodízio partidário, estabelecido pelos 23 prefeitos a cada início de mandato. A gestão da Azonasul é de um ano para oportunizar que um maior número de prefeitos assuma a presidência.

A chapa eleita para a direção da entidade tem também o prefeito de Canguçu, Vinicius Pegoraro (MDB), como 1º vice-presidente, e a prefeita de São José do Norte, Fabiany Zogbi (UB), de São José do Norte, como 2º vice-presidente.

Em sua primeira fala como presidente, Paula exaltou a importância da gestão deste ano de 2024: “vamos celebrar os 60 anos de atividades ininterruptas da nossa Azonasul. É uma honra presidir essa entidade suprapartidária que representa de maneira democrática os anseios das comunidades da região”, disse. Segundo a prefeita eleita, a Azonasul é uma lição de política e de democracia.

Um de seus objetivos à frente da associação é criar uma Agência de Desenvolvimento Regional, cujo escopo permeará dentro das pautas de saúde, educação, segurança e turismo, buscando alternativas para a melhoria da qualidade de vida das pessoas com a valorização das matrizes econômicas e potenciais da zona sul. As pautas em andamento, que impactam na competitividade regional, como o valor dos pedágios, as dificuldades nos atendimentos de saúde e o atraso das obras de duplicação da BR 116, trecho sul, também nortearão a nova gestão.

O ex-presidente Marco Antonio despediu-se do cargo e destacou o trabalho da sua gestão ao longo do último ano. “Não foi um ano fácil. Experimentamos os efeitos das mudanças climáticas, com episódios de chuvas intensas, granizo e seca afetando nossos municípios”, destacou, afirmando as ações coordenadas pela Azonasul para o enfrentamento das situações adversas e o retorno da normalidade.

CHAPA ELEITA:
DIRETORIA DA AZONASUL – 2024
PRESIDENTE: PAULA MASCARENHAS – PELOTAS – PSDB
1º VICE VINICIUS PEGORARO – CANGUÇU – MDB
2º VICE FABIANY ZOGBI ROIG – SÃO JOSÉ DO NORTE – UNIÃO BRASIL
1º SECRETÁRIO MOACIR OTILIO ALVES – PEDRO OSÓRIO – MDB
2º SECRETÁRIO ILDO SALABERRY – HERVAL – PP
1º TESOUREIRO MARCO ANTONIO BARBOSA – CHUÍ – UNIÃO BRASIL
2º TESOUREIRO DOUGLAS SILVEIRA – CERRITO – PP
CONSELHO FISCAL TITULARES:
1 – WELLINGTON B. DOS SANTOS – SANTA V. DO PALMAR – MDB
2 – RUDINEI HARTER – SÃO LOURENÇO DO SUL – PDT
3 – NATANIEL CANDIA – AMARAL FERRADOR – PDT
SUPLENTES:
1 – MARCUS GODOY DE AGUIAR – ACEGUA – PSDB
2 – RUI PETER – ARROIO DO PADRE – UNIÃO BRASIL
3 – IVAN GUEVARA – ARROIO GRANDE – PP
SOBRE A AZONASUL

A Azonasul, fundada em 1964, reúne 23 municípios, atuando em defesa dos interesses da região e como um órgão de representatividade conjunta dos prefeitos e prefeitas.