COM PELOTAS E RIO GRANDE, PESQUISA MÓVEL DE FLUXO TURÍSTICO MAPEIA TENDÊNCIAS A PARTIR DE 22 MUNICÍPIOS DO RS

112
“Hoje em dia, toda e qualquer tomada de decisão que vai impactar positivamente os negócios pode e deve ser feita com base em informações de valor e atualizadas. No turismo, isso não é diferente. Esta é mais um ferramenta que, a partir dos insights coletados, irá permitir que as empresas e instituições do setor sejam ainda mais assertivas e criem novas soluções”, destaca a coordenadora dos projetos de Turismo e Economia Criativa do Sebrae RS, Amanda Paim. Foto: Divulgação – SEBRAE

Estudo desenvolvido pelo Sebrae RS e pelo Governo do RS fez uso de tecnologia de Big Data para traçar perfis e apurar dados

De onde vem, quais os destinos mais procurados e como se comportam os turistas no RS. Esta e outras questões são respondidas na Pesquisa Análise de Fluxo Turístico 2022. O estudo mapeou o comportamento e traçou um perfil de pouco mais de 81 mil turistas que circularam por 22 municípios gaúchos. Realizada pelo Sebrae RS em parceria com a Secretaria Estadual de Turismo, a pesquisa foi  apresentada na manhã desta segunda-feira 10/07), em encontro realizado no Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF).

“Hoje em dia, toda e qualquer tomada de decisão que vai impactar positivamente os negócios pode e deve ser feita com base em informações de valor e atualizadas. No turismo, isso não é diferente. Esta é mais um ferramenta que, a partir dos insights coletados, irá permitir que as empresas e instituições do setor sejam ainda mais assertivas e criem novas soluções”, destaca a coordenadora dos projetos de Turismo e Economia Criativa do Sebrae RS, Amanda Paim.

DESTAQUES

  • 77.63% dos turistas visitaram localidades em um raio de até 500 quilômetros a partir do seu ponto de origem;

  • 40.5% visitaram uma cidade / 31.89% visitaram duas cidades / 28.05% visitaram três cidades;

  • No RS, Caxias do Sul, Porto Alegre e Pelotas são as cidades mais emissoras de turistas;

  • Fora do RS, Florianópolis, São Paulo e Rio de Janeiro são as cidades mais emissoras de turistas;

  • 82.45% dos turistas são oriundos dos 3 Estados da Região Sul /  9.4% são oriundos da Região Sudeste / 4.88% são oriundos da Região Cento-Oeste;

  • 62.79% dos turistas são oriundos do RS / 13.48% são oriundos de SC;

  • 36% turistas vêm de 10 cidades do RS;

  • 28% dos turistas de outros estados visitam mais de 3 cidades dia;

  • 76% permanecem de 1 a 3 dias.

Municípios participantes e por ordem de maior volume únicos de turistas:

  • Porto Alegre

  • Gramado

  • Rio Grande

  • Caxias do Sul

  • Santa Maria

  • São Francisco de Paula

  • Torres

  • Bento Gonçalves

  • Pelotas

  • Passo Fundo

  • Nova Petrópolis

  • Canela

  • Santa Cruz do Sul

  • Garibaldi

  • Uruguaiana

  • Santana do Livramento

  • Lajeado

  • Novo Hamburgo

  • Erechim

  • Santo Ângelo

  • Cambará do Sul

  • São Miguel das Missões

“Temos que estimular o turismo de forma conjunta e sempre onde constata-se potencial para esse crescimento. Nossos investimentos — essenciais para que o setor privado possa trabalhar na ponta — precisam ser guiados por uma análise técnica precisa e consistente, justificada por dados científicos”, destacou o Secretário de Turismo do Rio Grande do Sul, Vilson Covatti .

O estudo apontou ainda as cidades de Pelotas, São Francisco de Paula e Garibaldi com os maiores crescimentos de fluxo de turistas. Na comparação de 2022 com 2019, os municípios registraram um aumento de 80.6%, 80.3% e 22.6% respectivamente.