VICE-PRESIDENTE MARCO MACIEL EM PELOTAS EM 1998 – LUSO GRANDE DO SUL – BRASIL 500 ANOS – Podcast

48

Em 1996 o Treze Horas, através do Professor Marcus Cunha, idealizou o Projeto Luso Grande do Sul: Brasil 500 anos, movimentando os anos de 1996, 1997, 1998, 1999 e 2000. Foram inúmeros eventos culturais, tanto aqui no Brasil quanto em Portugal, que reuniram historiadores, painelistas, professores, políticos e a Comissão Nacional do V Centenário, então presidida pelo Vice-Presidente Brasileiro, Marco Maciel. O Projeto do Treze contou com as participações da Universidade Católica de Pelotas, Universidade Federal de Pelotas, Universidade de Aveiro – Portugal (Aveiro é cidade irmã de Pelotas), Embaixada do Brasil em Portugal (Embaixador Jorge Konder Bornhausen).

Foi então que em 1998, entre as inúmeras ações do Luso Grande do Sul, que Marco Maciel visitou nossa cidade a convite do Treze Horas e do Projeto Luso Grande do Sul. Em almoço para 800 convidados o Treze Horas, O Luso Grande do Sul e a Comissão Nacional do V Centenário, prestaram homenagens a famílias portuguesas estabelecidas no sul do Brasil, com placas de prata, sendo oradores do evento o jornalista Clayton Rocha e o Vice-Presidente Marco Maciel, cujo discurso em entrevista coletiva o Memória do Treze Horas recupera hoje – 22 Anos após o acontecimento em Podcasts abaixo:

Podcast 1 – Discurso do Vice-Presidente da República Marco Maciel em 1998 no Centro Português 1º de Dezembro por ocasião de Jantar Comemorativo do Luso Grande do Sul – Brasil 500 Anos:

Podcast 2 – Entrevista do Vice-Presidente da República Marco Maciel em 1998 no Centro Português 1º de Dezembro por ocasião de Jantar Comemorativo do Luso Grande do Sul – Brasil 500 Anos:

MARCO MACIEL

O jornalista Clayton Rocha, coordenador do Treze Horas e que presidiu o Projeto Luso Grande do Sul: BRASIL 500 Anos, recebeu o vice-presidente Marco Maciel na sede do Centro Português, em 1998.

Marco Antônio de Oliveira Maciel – Nasceu em Recife em 21 de julho de 1940. É advogado, professor universitário, foi Deputado, Governador de Pernambuco e Senador da República. Serviu como 22º Vice-Presidente da República de 1995 a 2003, tendo como Presidente Fernando Henrique Cardoso. Exerceu o cargo de Senador de 2003 a 2011. Professor de Direito Internacional Público da Universidade Católica de Pernambuco e foi Presidente da Câmara dos Deputados entre 1977 e 1979. Foi Ministro de Estado da Educação e Cultura (1985-1986). Ministro-Chefe do Gabinete Civil da Presidência da República (1986 – 1987). Foi reeleito Senador em 1990 e em 1994 eleito Vice-Presidente da República Federativa do Brasil. Retornou ao senado, eleito em 2002. Assumiu, em 2007, a presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania. Nas eleições de 2010 não conseguiu se eleger para um novo mandato no Senado, após 44 anos na política, ficando em terceiro lugar na votação.  Cidadania. Nas eleições de 2010 não conseguiu se eleger para um novo mandato no Senado, após 44 anos na política, ficando em terceiro lugar na votação.

O destino, no entanto, está sendo duro com Marco Maciel. Acometido pelo Doença de Alzheimer, há seis anos ele está afastado do convívio público e vive sob os cuidados de uma equipe de saúde coordenada por sua esposa, Ana Maria, de 78 anos, com quem está casado desde 1967. Os problemas de saúde vem se complicando. Sua condição não era segredo, porém se antes ele pouco falava e tinha lapsos de memória, agora está praticamente mudo e sequer caminha, necessitando de amparo em todos os momentos. Sua esposa veio a público em 21 de setembro de 2019, dia mundial da conscientização sobre esta grave e incurável doença neurodegenerativa que acomete principalmente idosos, sem fazer distinção de classe social, para relatar sobre o estado de saúde de Marco Maciel.

Mesa principal durante as homenagens do Luso Grande do Sul ao Presidente Nacional da Comissão dos 500 Anos e Vice-Presidente da república Marco Maciel. Aparacem ainda o Embaixador do Brasil em Portugal, Senador Jorge Konder Borhausen; o Deputado Federal Germano Bonow; o Vice-Presidente Marco Maciel; o Presidente do Conselho de Universidades do Mercosul, Carlos Aberto Gomes Chiarelli; o Presidente do Centro Português 1º de Dezembro; e o Vereador Ademar Ornell, na ocasião como presidente do PFL, partido do vice-presidente da república.