RECURSOS PARA A OBRA DO HOSPITAL DE PRONTO SOCORRO DEVEM SER REPASSADOS ATÉ O FIM DO ANO

212
O Hospital Regional de Pronto Socorro, em construção na avenida Bento Gonçalves, 4.590, em Pelotas, é considerado pelo Ministério da Saúde como hospital geral para acolher urgências e emergências.

Até o final deste ano, o Estado deverá destinar cerca de R$ 4 milhões para Pelotas, para inteirar o orçamento da obra de construção do Hospital Regional de Pronto Socorro (HRPS) no município. Ontem, terça-feira, 11.10, a prefeita Paula Mascarenhas esteve em Porto Alegre, em reunião com a secretária de Saúde Arita Bergmann, obtendo o compromisso do repasse.

Até agora, o Estado já repassou R$ 55 milhões para o Município, para custeio do contrato de execução das obras do futuro Hospital. O orçamento do projeto é de cerca de R$ 59 milhões, faltando R$ 4 milhões para complementá-lo.

O Hospital Regional de Pronto Socorro, em construção na avenida Bento Gonçalves, 4.590, em Pelotas, é considerado pelo Ministério da Saúde como hospital geral para acolher urgências e emergências. A planta traz 121 leitos clínicos, sendo dez de UTI para adultos e dez para pediatria, além de cinco salas cirúrgicas e dependências para recuperação. O estabelecimento de saúde ainda prestará atendimento básico de cirurgia geral, traumatologia, bucomaxilofacial e cardiologia.