PELOTAS E MAIS SETE MUNICÍPIOS DA REGIÃO CONTEMPLADOS NO NOVO PAC

188
Projetos foram anunciados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Pelotas e mais sete municípios da região foram contemplados com projetos do Novo PAC Seleções. Os resultados foram divulgados pelo governo federal. Ao todo, o programa de investimentos irá alcançar, nesta edição, 87% da população brasileira, tendo um investimento total de mais de R$ 23 bilhões.

Integram a lista Rio Grande, com cinco projetos contemplados, Pelotas, São Lourenço e Jaguarão com outros três, Canguçu com dois, e Piratini, Pinheiro Machado e Herval com um.

Em Pelotas os projetos preveem a realização de obras em uma escola de tempo integral, um ônibus escolar e a reforma de um espaço esportivo comunitário. Segundo a secretária de Educação e Desporto, Adriane Silveira, o processo para seleção no Novo PAC, deu-se a partir do cadastro do número de escolas que o município tinha direito, conforme índice populacional. Assim, foram cadastradas duas escolas de educação infantil, duas escolas em tempo integral, de acordo com o padrão do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e dois ônibus escolares.

Entre as solicitações cadastradas no novo PAC, incluíam-se os projetos da EMEI Farroupilha, EMEI Z3 e as escolas em tempo integral, Darcy Ribeiro e Sítio Floresta

“As escolas foram definidas de acordo com as necessidades existentes, priorizando as maiores demandas reprimidas de vagas, bem como de acordo com o cumprimento de exigências do MEC referentes a dominialidade do terreno para a construção, entre outros”, explica a secretária.

O resultado não menciona investimentos. Os cadastros feitos pela pasta foram de uma Escola em Tempo Integral para 316 alunos, no valor de investimento médio de R$ 10,7 milhões de acordo e outra para 175 alunos, com investimento médio de R$ 9,2 milhões.

“Vale ressaltar que o tamanho da escola foi definido com base nos critérios de cadastramento do governo federal, sendo definido pela área do terreno para a construção. No entanto, até o momento, não temos informação de qual das duas escolas foi selecionada para construção”.

Em relação ao ônibus escolar, o valor médio de investimento no momento do cadastramento era de R$ 399 mil. “O investimento do governo federal é fundamental para atender as demandas e necessidades de vagas em Pelotas. No entanto, lamentamos não termos sido contemplados com todas as escolas e ônibus escolares cadastrados”, afirma.

Confira outros projetos selecionados na região

Canguçu: Ônibus escolar e Unidade Odontológica Móvel​ (UOM)

Herval: Ônibus Escolar

Jaguarão: Restauro do Clube 24 de Agosto, Unidade Básica de Saúde (Porte I) e ônibus escolar

Pelotas: Escola de tempo integral, ônibus escolar e reforma de um espaço esportivo comunitário.

Pinheiro Machado: Unidade Básica de Saúde (Porte II)

Piratini: Ônibus escolar

Rio Grande: Escola de tempo integral, Restauro do Centro Municipal de Cultura, Policlínica e duas Unidades Básicas de Saúde (Porte II)

São Lourenço do Sul: Ônibus escolar, Unidade Básica de Saúde (Porte II) e espaço esportivo comunitário