NA ABERTURA DA EXPODIRETO COTRIJAL, GOVERNADOR REAFIRMA APOIO DO ESTADO AOS PRODUTORES – Podcast

93
“O governo tem investido muito para melhorar as condições de quem trabalha na terra”, disse Leite na abertura da Expodireto – Foto: Maurício Tonetto/Secom

NA ABERTURA DA EXPODIRETO COTRIJAL, GOVERNADOR REAFIRMA APOIO DO ESTADO AOS PRODUTORES – Podcast

 

A 23ª Expodireto Cotrijal foi aberta oficialmente nesta segunda-feira (6/3) no município de Não-Me-Toque, no norte do Estado. A cerimônia contou com a presença do governador Eduardo Leite e do ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro.

A Expodireto é uma das maiores feiras de agronegócio do país, focada em novas tecnologias para o campo e em geração de negócios, aproximando produtores, empresas do setor e instituições financeiras.

‌Durante o seu pronunciamento, Leite reafirmou o total apoio do Estado para que o agricultor consiga, cada vez mais, aumentar a sua produção e continuar gerando riqueza e emprego para os gaúchos.

“O governo tem investido muito para melhorar as condições de quem trabalha na terra. Estamos com diversas frentes de obras rodoviárias para ajudar no escoamento da produção, reforçando ações para minimizar os efeitos da estiagem e atuando fortemente para fomentar projetos de irrigação em propriedades rurais”, disse Leite. O governador ainda mencionou o trabalho do secretariado para tornar o Rio Grande do Sul um lugar com um ambiente cada vez mais atrativo para investimentos.

O ministro Fávaro afirmou que o governo federal está “de portas abertas para trabalhar pelo agronegócio e pelo Rio Grande do Sul”.

A edição de 2023 da Expodireto conta com mais de 560 expositores e delegações de 60 países. A expectativa é de que mais de 200 mil pessoas visitem o parque onde a feira ocorre até sexta-feira (10/3). No ano passado, foram 263 mil visitantes e quase R$ 5 bilhões em negócios.

O secretário da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação, Giovani Feltes, disse que a feira é um momento importante para o compartilhamento de conhecimento sobre novas tecnologias por meio dos debates, palestras e fóruns que promove. “A Expodireto é extremamente importante do ponto de vista econômico e social pelo seu volume de negócios, além de ser uma feira que nos dá orgulho e nos enche de alegria pelo seu patamar gigantesco, como o de grandes feiras do agronegócio pelo mundo”, destacou o secretário.

Depois da cerimônia de abertura, o governador caminhou pelo parque e participou da inauguração da Calçada da Fama da Expodireto que, neste ano, homenageia a ex-ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Tereza Cristina. Também compareceu à abertura da Arena Agrodigital e do Pavilhão da Agricultura Familiar.

A arena é um ambiente de inovação que reúne iniciativas de tecnologia voltadas para o agronegócio. Com infraestrutura circular e formato de arena multipalco, esta é a terceira vez que o espaço está presente da Expodireto. Neste ano, participam 30 empresas expositoras em uma área de 2 mil metros quadrados, sendo 330 metros quadrados para a Arena de Drones.

O Pavilhão da Agricultura Familiar, um dos espaços mais visitados da feira, existe desde 2008 e é organizado em uma parceria da Cotrijal com a Secretaria de Desenvolvimento Rural, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag-RS) e a Emater/RS.

Nesta edição, o pavilhão conta com o maior número de expositores da história da Expodireto: 230 provenientes de 132 municípios, incluindo agroindústrias, artesanato, artesanato indígena e flores e plantas. Das agroindústrias presentes nesta edição, 107 são lideradas por mulheres. A expectativa é de que o volume de vendas supere o do ano passado, que foi de R$ 1,7 milhão.

Texto: Thamíris Mondin/Secom
Edição: Vitor Necchi/Secom