APROXIMAÇÃO COM A UPI – UNITED PRESS INTERNATIONAL

173
Antônio Praxedes e Clayton Rocha na Universidade Federal de Pelotas em 1985.

O Memória do Treze Horas deste domingo relembra uma relação profissional e historia do programa com uma das principais agências de notícias do mundo – a UPIUnited Press International (conhecida também como UPI ou United Press). Essa aproximação é o que relembra hoje o jornalista Clayton Rocha no nosso Memória do Treze.

Por Clayton Rocha

ANTONIO PRAXEDES   

Mineiro e amigo pessoal de Tancredo de Almeida Neves, apreciador de uma galinhada com pequi, gargalhada sonora,  entusiasta da política, estabelecemos fortes laços de amizade durante as décadas de oitenta e noventa, lá no Século XX. Aproximou-me, e muito, da professora Esther de Figueiredo Ferraz, a reitora da Universidade Mackenzie de SP que foi elevada à condição de ministra da Educação do Brasil. Afável, companheira de longas conversas no MEC, Esther não abria mão da marmelada branca de Pelotas, a marca da sua meninice paulistana. E esses convívios todos, numa Brasília eletrizante que sonhava com eleições diretas, devo ao alto prestígio de Praxedes.

E quem era esse mineiro de fala contundente na vitrine da política nacional? Pois era o diretor Geral da UPI no Brasil, e tinha linha direta diária e preferencial com o primeiro time das celebridades de Brasilia. Foi através dele que ouvi o relato de Tancredo, seu conterrâneo, o presidenciável que queria o deputado federal Nélson Marchezan de seu Vice, nome este vetado por João Figueiredo.  Mas eu seria um nome da casa na chapa do Dr. Tancredo, disse Marchezan a Figueiredo no gabinete presidencial, tendo um sonoro não como resposta, associado a um murro dado pelo presidente da República em sua mesa de despachos.

Pois esse eclético e dinâmico mineiro visitaria Pelotas, em 1985, a meu convite, cumprindo agenda de dois dias na Reitoria da UFPEL. Aqui, qualificado que era, estreitou laços com o professor Ruy Brasil Barbedo Antunes, o nosso Reitor, que o recebeu com fidalguia e admiração pessoal. Ao dar esse depoimento sobre Antônio Antunes Praxedes, um dos homens mais influentes daquela Brasília dos anos oitenta,  que me abriu portas e me facilitou relações profissionais,  tenho a sensação de tê-lo muito próximo, sorridente, oferecendo-me sinais intensos de afeto e de prestigiamento pessoal. Foi o que ele sempre fez em relação à minha pessoa.

E se, numa só palavra eu devesse dizer o quanto ele significou em minha caminhada profissional,  ela já está escolhida: é gratidão, pois esta não é apenas a maior das virtudes,  mas é a Mãe de todas as outras, segundo a expressão maior de Cícero.

CR. 17 de maio de 2020.

A UPI

United Press International (conhecida também como UPI ou United Press) é uma agência de notícias Norte Americana fundada em 1907. A empresa possui sua sede em Boca Raton, no estado da Flórida. Foi, juntamente com a Associated Press, a Reuters e a Agência France-Presse, uma das quatro principais agências de notícias do mundo até a década de 1990. Em seu auge, chegou a ter fornecer fotos, textos, áudios e vídeos para mais de 6.000 assinantes. Desde o primeiro de vários cortes de vendas e funcionários em 1982, e a venda em 1999 da sua lista de clientes para a sua principal concorrente, a Associated Press, a UPI tem se concentrado em nichos menores do mercado jornalístico. Em maio de 2000, a United Press foi comprada pela News World Communications.