GOVERNADOR EDUARDO LEITE INICIA MISSÃO INTERNACIONAL

157
Governador Eduardo Leite, que embarca hoje para a Europa, recebeu nesta semana o embaixador da Itália no Palácio Piratini | Foto: Mauricio Tonetto / Secom
Por doze dias, comitiva do governo viajará pela Itália e Alemanha buscando reforçar as relações entre o Estado e os países

Doze dias, cinco cidades e dois países. Esses números dão um pouco a dimensão da maratona que uma comitiva do governo do Estado começa nesta sexta-feira e seguirá até o próximo dia 23 de abril na Europa. Em resumo, a missão internacional, liderada pelo governador Eduardo Leite (PSDB), terá um pouco de tudo.

Serão compromissos relacionados a duas importantes imigrações do Estado e que estão em festa: 200 anos da alemã, celebrada neste ano, e os 150 anos da italiana, no ano que vem. “Vamos aproveitar essas datas comemorativas para reforçar laços com essas comunidades”, disse Eduardo Leite.

O roteiro tem projeção de potencialidades gaúchas para o mundo. Exemplos serão as presenças do Estado na Vinitaly, em Verona (Itália), que é a uma das principais feiras de vinhos, logo no primeiro dia de compromissos oficiais, e na Hannover Messe, maior evento do mundo voltado exclusivamente à indústria, que irá encerrar a programação da missão.

Outra ponta da missão é focada em investimentos diretos. Serão feitas reuniões com empresas na área da infraestrutura e que já possuem sedes no Estado. Segundo o governador, a ideia é “ampliar a sua atuação no RS”. Com a Fraport, empresa alemã concessionária do aeroporto Salgado Filho, a tentativa será a de aumentar o número de voos de passageiros e de cargas saindo da capital gaúcha.

Também está prevista uma agenda com o papa Francisco, quando o governador Eduardo Leite irá convidá-lo a estar no RS em 2026, quando serão comemorados os 400 anos das Missões Jesuíticas.

Expectativa de anúncios

As perspectivas são grandes de que a missão resulte em anúncios de investimentos no Rio Grande do Sul. Um desses casos veio de Guilherme Sari, diretor do Sindienergia (Sindicato das indústrias de Energias Renováveis do RS), que acompanhará a missão. “A expectativa, além do anúncio da planta de torres de concreto utilizadas para a geração eólica, é de ter uma unidade industrial da Nordex no Rio Grande do Sul, ampliando o potencial de geração de empregos e o desenvolvimento econômico local.”

A comitiva visitará a Nordex, que é um dos maiores fabricantes de aerogeradores do mundo, na sexta-feira da próxima semana.

  • Essa será a terceira missão internacional comandada por Leite neste mandato. No ano passado, o governador esteve em Nova York (EUA) e Buenos Aires (Argentina).
  • Com a presença de Adolfo Brito, presidente da Assembleia, na comitiva, o deputado Paparico Bacchi assumirá o comando da Casa até o próximo dia 20 de abril.