COMEÇA A EXPOFEIRA DE PELOTAS COM EXPECTATIVA DE SUPERAR R$ 8,5 MI EM NEGÓCIOS

237
Muito além das vendas na pista de remates a Expofeira de Pelotas se consolidou ao longo dos anos como uma oportunidade de negócios para representantes dos setores de comércio e serviços.

A mais antiga feira agropecuária do RS começou nesta segunda-feira com uma programação intensa de leilões, exposições, eventos técnicos e shows

Teve início nesta segunda-feira, 03.10, a 96ª edição da Expofeira de Pelotas, a mais antiga feira agropecuária do Rio Grande do Sul. A expectativa com relação a superação de todos os números alcançados em 2022 quando a feira atingiu a marca de R$ 8,5 milhões em negócios e recebeu 50 mil visitantes em sete dias. A Conferência Rural, o braço técnico-científico da feira, oferece aproximadamente cem eventos entre seminários, palestras, mesas redondas e painéis sobre diversos temas relacionados ao agronegócio. O programa Treze Horas de quarta-feira, 05.10, será apresentado diretamente da ARP, com a coordenação de Clayton Rocha, como tradicionalmente acontece durante o evento.

“A retomada dos eventos cem por cento presenciais nos dá uma expectativa muito boa especialmente com relação ao público, pois teremos uma programação diária com muitas atrações. Já o bom momento do agronegócio na região nos faz acreditar em preços muito bons e um volume de vendas acima do ano passado nos oito leilões programados. Ou seja, confiamos que esta deve ser uma das maiores Expofeiras dos últimos anos”, disse Augusto Rassier, presidente da Associação Rural de Pelotas.

Ao todo mil animais participam do evento. Ao longo dos sete dias serão realizados oito leilões com oferta de 628 animais, sendo 599 bovinos de corte e 20 pôneis. Os touros, principais estrelas da feira, integram o maior grupo com 319 animais em venda. Já as exposições das raças devem reunir aproximadamente 402 animais sendo 110 equinos divididos em 70 da raça crioula e 40 pôneis, 42 ovinos, 52 bovinos de leite da raça Jersey e 198 bovinos de corte divididos entre as raças Hereford e Angus.

Uma feira de oportunidades

Muito além das vendas na pista de remates a Expofeira de Pelotas se consolidou ao longo dos anos como uma oportunidade de negócios para representantes dos setores de comércio e serviços. Nesta 96ª edição serão 112 expositores, sendo 42 no Pavilhão da Agricultura Familiar que conta com a participação de agroindústrias de toda a região.
“Este é um espaço de muita importância para as famílias em termos de geração de renda e, também, muito representativo em termos de sucessão familiar”, diz Renato Cougo, técnico da Emater responsável pela organização do pavilhão. Este ano os agricultores familiares estarão instalados no Pavilhão Jorge Gertum, em espaço coberto e estrutura personalizada. A Feira da Agricultura Familiar funciona de 5 a 9/10 das 10h às 20h.

Shows de graça todos os dias

A programação cultural é uma atração a parte na 96ª Expofeira e conta com shows diários e gratuitos em dois palcos. Ao todo serão 15 apresentações musicais e uma circense, com o Grupo Tholl. A atração nacional da feira será o cantor Alexandre Pires com o espetáculo “O Baile do Nêgo Veio 2”.

SERVIÇO

A 96ª Expofeira acontece e 3 a 9 de outubro no Parque da Associação Rural de Pelotas Ildefonso Simões Lopes, na zona norte da cidade. De segunda até sexta o ingresso será gratuito mediante doação de 1 Kg de feijão ou 1 Garrafa de óleo ou 2 litros de leite ou 1 pacote de fraldas infantis fechado ou 1 brinquedo novo ou seminovo, em condições de uso. Caso a doação não seja realizada, será arrecadada a taxa de R$ 5,00 na bilheteria o dinheiro destinado ao projeto Mesa Brasil do Sesc. No final de sábado e domingo o ingresso custa R$ 15 e crianças até 6 anos não pagam. Idosos e estudantes têm desconto de 50%.
O estacionamento não está incluso no ingresso e deverá ser pago diretamente no local ao valor de R$ 15,00 por veículo de segunda a sexta-feira e R$ 20,00 sábado e domingo.

A Expofeira de Pelotas é uma realização da Associação Rural de Pelotas com correalização do Sindicato Rural de Pelotas e Embrapa e patrocínio de Banrisul, Sicredi, Ministério da Economia e Senar RS, apoio da Prefeitura de Pelotas, Câmara Municipal, Ecosul, BRDE, Yara, Arrozeira Pelotas, Sebrae, Osirnet, Sesc, Irga, Governo do Rio Grande do Sul e Caixa Econômica Federal.