BANRISUL TEM NOVO PRESIDENTE

173
Fernando Lemos formou-se em Direito pela Universidade de Brasília (UnB) em 1986. Foi presidente da extinta Caixa Econômica Estadual entre 1990 e 1991 e diretor do próprio Banrisul entre 1996 e 1999, antes de assumir a presidência da instituição nos governos Germano Rigotto e Yeda Crusius. Foto: Cláudio Fache/JC

O governador Eduardo Leite indicou o nome do advogado Fernando Lemos para ocupar a presidência do Banrisul, em substituição ao economista Cláudio Coutinho. Lemos, que voltará à função depois de passar por um processo de avaliação na Assembleia Legislativa, já exerceu o cargo entre 2003 e 2010.

Ao anunciar o nome do substituto, o governador destacou o papel cumprido por Coutinho desde 2019 à frente da instituição financeira. “Coutinho levou ao Banrisul sua larga experiência nos setores público e privado, cumprindo com dedicação e qualidade técnica a missão e garantindo que o banco consolidasse sua trajetória de solidez. Foi um período em que a instituição se colocou ao lado das necessidades do povo gaúcho”, afirmou Leite.

Conforme o governador, a substituição, além de manter a trajetória recente de melhoria na prestação de serviços, tem como objetivo fazer avançar a aproximação do Banrisul com a estratégia de desenvolvimento do Rio Grande do Sul. “Lemos nos ajudará a ampliar a presença no banco, em sintonia com nossos planos de acelerar o apoio à atividade produtiva a partir do financiamento, uma das prioridades da atual gestão”, explicou Leite.

Lemos formou-se em Direito pela Universidade de Brasília (UnB) em 1986. Foi presidente da extinta Caixa Econômica Estadual entre 1990 e 1991 e diretor do próprio Banrisul entre 1996 e 1999, antes de assumir a presidência da instituição nos governos Germano Rigotto e Yeda Crusius. Atualmente, ocupa o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça Militar do Rio Grande do Sul.