ARTIGO – NEM TCHUTCHUCA, NEM TIGRÃO – Podcast

191
Debate na Band na noite deste domingo (28). — Foto: AP Photo/Andre Penner

NEM TCHUTCHUCA, NEM TIGRÃO

Ivon Carrico*

Na noite deste último domingo, dia 28/08, a Rede Bandeirantes estreou – para essas eleições de outubro vindouro – o seu já consagrado Debate Presidencial.

Em espetacular cenário, em seus estúdios em São Paulo, a consagrada emissora oportunizou aos brasileiros um encontro muito bem organizado e, onde – entretanto – foram apresentadas propostas muito pouco convincentes.

Talvez pela falta de credibilidade de alguns dos candidatos, talvez pela pouco expressividade de outros.

O certo, todavia, é que nesse debate os 02 candidatos que lideram a corrida ao Planalto – Lula e Bolsonaro – se mostraram tímidos e acuados. Principalmente, quando indagados sobre corrupção e misoginia, respectivamente.

O Lula perdia o chão e tergiversava quando questionado sobre os desmandos em seu Governo. E, sequer indicou caminhos para impedir essas ocorrências em um novo mandato.

O Bolsonaro, por sua vez, desorientava ao responder sobre o papel das mulheres na sociedade, desconversando sobre o assunto e, o mais insano, partindo para a grosseria e a ofensa.

Aqui, ‘en passant’, não me reporto ao infeliz episódio – que ocorreu no debate – quando da inoportuna intervenção
da Jornalista Vera Magalhães. A mesma tomou partido já ao questioná-lo. Um despropósito! Assim, descabida qualquer vitimização decorrente.

Por último, à exceção do Ciro Gomes que repetiu o mais do mesmo, os candidatos restantes foram até felizes em seus apartes. Pena que não tenham, contudo, maiores chances para subir a rampa.

Assim, fica o eleitor brasileiro na eterna expectativa de um líder que tenha propostas e credibilidade para tocar este País.

Difícil acreditar – entretanto – na possibilidade de alguém do porte de um Churchil ou de um Mandela. Mas, não queremos – também – nenhuma tchutchuca e nenhum tigrão.

*Ivon Carrico é pelotense, mora em Brasília, atuando na administração há quase 50 anos. Atuou na ANVISA e na Presidência da República. Brasília: 29/08/2022

NEM TCHUTCHUCA, NEM TIGRÃO – Podcast