22.7 C
Pelotas
sábado, 15 de junho 2024.
Início Pelotas APÓS CICLONE CIDADE COMEÇA A CONTABILIZAR ESTRAGOS

APÓS CICLONE CIDADE COMEÇA A CONTABILIZAR ESTRAGOS

330
Avenida Bento Gonçalves em Pelotas está interrompida no sentido BIG – RODOVIÁRIA. Foto: Diário Popular.

Em colaboração com DP e ZH

A manhã desta quinta-feira, 13.07, é de contabilizar os prejuízos ocorridos na madrugada em virtude da passagem de um ciclone extratropical sobre o RS. Uma árvore da avenida Bento Gonçalves esquina Andrade Neves deixou a principal via bloqueada. NA avenida Adolfo Fetter, outra árvore derrubou fios de energia elétrica. Segundo a CEEE Equatorial os ventos que ultrapassaram mais de 100 quilômetros por hora e deixou 117 mil clientes sem luz. Até o momento choveu na cidade mais de 140 milímetros e duas casas de bombas responsáveis pelo escoamento da água estão sem luz. Também redes de abastecimento de água está sem energia o que pode causar desabastecimento na cidade.

ESTRADA DO LARANJAL

A Avenida Adolfo Fetter está em meia pista na frente do Clube Caça e Pesca, em decorrência de queda de árvores. O trânsito está travado, pois a pista está sendo utilizada em apenas uma via para os dois sentidos.

Na Adolfo Fetter, árvores derrubaram postes de energia. Foto: Diário Popular.

BOMBEIROS

O Corpo de Bombeiros de Pelotas atendeu até a manhã desta quinta mais de 60 ocorrências e há uma fila de espera para atendimentos. Segundo a Prefeitura, foram distribuídas 28 lonas para famílias que tiveram danos nos telhados. Não há desalojados e desabrigados na cidade. O Laranjal é o bairro mais prejudicado até o momento, sendo que não há acesso ao Pontal da Barra.

UMA PESSOA MORRE EM RIO GRANDE

Uma pessoa morreu em Rio Grande, em casa, atingida por uma árvore quando os ventos na cidade ultrapassaram os 100 km/h.

COMO FICA O TEMPO

Inmet emite alertas amarelo e laranja devido à chance de neve e ao declínio brusco da temperatura no RS

Estado tem semana com passagem de frente fria, atuação de ciclone extratropical e avanço de massa de ar polar
Laranjal na madrugada de quinta-feira.

ENERGIA ELÉTRICA

A CEEE Equatorial informa que com a ventania que atinge neste momento a região Sul do estado, a companhia de energia registra 144 mil clientes com o fornecimento interrompido. As cidades de Pelotas (60 mil clientes), Rio Grande (28 mil), São José do Norte (15 mil) e Jaguarão (10 mil) são as mais impactadas.

Os canais de atendimento da empresa estão à disposição da população para registro de ocorrências:
– Whatsapp Clara (51) 3382-5500, para solicitar religação e informar falta de energia (basta adicionar o telefone à sua lista de contatos);
– Site ceee.equatorialenergia.com.br;
– Teleatendimento: 0800 721 2333;
– Para falta de energia, SMS 27307, que deve ser preenchido com a palavra LUZ e o número da Unidade Consumidora (UC), encontrado no canto superior direito da fatura de energia.

 

BLOQUEIOS EM RODOVIAS ÁS 9H DA MANHÃ DE QUINTA-FEIRA

Devido ao ciclone, pelo menos 10 rodovias do Rio Grande do Sul apresentam trechos com bloqueios na manhã desta quinta-feira (13). Confira a relação abaixo.

BR-392 – PELOTAS / RIO GRANDE

Nas rodovias, a Ecosul removeu árvores que caíram e bloquearam partes da BR-392 nos kms 117 e 120. No km 94 da rodovia, houve uma queda de barreira, mas o trânsito já flui normalmente em todos os pontos, segundo a concessionária.

Bloqueios totais

  • RS-494, km 07, em Morro Azul: a ponte que havia no local caiu em junho, bloqueando a rodovia nos dois sentidos. O acesso alternativo ao lado da ponte também está bloqueado devido ao volume de água.
  • VRS-826, km 9,2, em Alto Feliz: rachaduras no asfalto. O desvio está sendo feito pela RS-122 e RS-452 até o município de Feliz e, em seguida, deve-se seguir para Alto Feliz.
  • RS-474, km 3,5, em Santo Antônio da Patrulha: devido às fortes chuvas e ao aumento do nível do arroio Pereira, a rodovia permanecerá bloqueada até a manhã desta quinta-feira (13). As equipes da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) monitoram a situação.
  • Acesso 9.060, km 07, na rodovia de acesso a Caraá em Santo Antônio da Patrulha: a ponte que havia no local caiu em junho, e o desvio de emergência ao lado da estrutura danificada pelas chuvas também está bloqueado.
  • RS-441, km 25, entre os municípios de Nova Prata e Vista Alegre: a rodovia está interditada devido à transposição das águas do rio próximo à rodovia.
  • BR-116, km 181, em Nova Petrópolis: foi retomado o sistema de pare e siga para veículos leves durante o dia, das 7h às 17h30min. Nos demais horários, a rodovia fica totalmente bloqueada
  • BR-470, km 107, em Lagoa Vermelha: bloqueio total devido ao transbordamento do arroio Floriano sobre a pista em decorrência do excesso de chuvas.
  • BR-116, sentido Interior, passando o trevo de Tapes

Bloqueios parciais

  • RSC-453, km 104, em Garibaldi: Queda de barreira
  • RSC-453, km 112, em Farroupilha: Queda de barreira
  • RS-452, km 16, em Vale Real: Queda de barreira
  • BR-116, km 399, quase no trevo da Pompéia, em Camaquã
  • BR-285, km 442,1, em Bozano: árvore caída na via, causando obstrução de meia pista

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), é possível que existam outras barreiras pela BR-471. No momento, viaturas estão no trecho, retirando árvores.

Atualizações a qualquer momento.