PREFEITA ANUNCIA SUSPENSÃO DE MEDIÇÃO DA LAGOA

916
Prefeita Paula Mascarenhas em reunião com as forças de segurança na Sala de Situação – Foto: Gustavo Vara

Do Diário Popular

Em live realizada na manhã desta sexta-feira (10), a prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) informou que os comunicados periódicos com a medição do nível da Lagoa dos Patos não serão mais realizados em Pelotas. O motivo é que com o avanço das águas pelo Laranjal, o número pode representar uma falsa diminuição da laguna, já que há um espalhamento das cheias pelas ruas. O nível do canal São Gonçalo continuará sendo divulgado.

Além disso, a gestora municipal também alerta para o sistema de comunicação com as forças de salvamento. Aqueles que optaram por permanecer em casa mesmo com as inundações e que estão bem, devem pendurar algum tecido azul do lado de fora da residência. Já os moradores que precisam de resgate, devem utilizar a cor vermelha.

Falta de energia elétrica

Conforme Paula, no momento, não há risco de desabastecimento do município, já que não existem registros de ventos intensos. Em alguns locais de alagamentos, a energia foi desligada por razões de segurança, dentre eles estão o balneário Valverde, avenida Rio Grande do Sul e Colônia Z3. “Vai causar transtorno em uma região que já não deve estar habitada”.

Transporte coletivo

Os horários dos ônibus foram reduzidos e o transporte está operando com as grades de sábado, exceto em horários de pico. A medida foi tomada para economizar combustível e evitar uma possível suspensão completa de alguma linha.

Áreas evacuadas

A prefeita ressalta a necessidade de evacuação das áreas de risco e ressalta aos moradores preocupados com os bens que equipes de segurança estão vigiando os locais. No balneário Valverde, o monitoramento está sendo realizado por barcos.

Sem acesso a Porto Alegre

Com a suspensão da balsa de São José do Norte, devido ao avanço das águas, atualmente não há acesso à capital e à Região Metropolitana por via terrestre.