UMA INICIATIVA DE JOHNY CALEGARO FAZ SUCESSO NO RIO DE JANEIRO

321
Johny Calegaro disse que foi bem legal participar dessa experiência na Sapucaí. – “Essa realidade de o carro capotar num acidente é experiência que eu não desejo para ninguém, mas é importante essa conscientização”, disse ele.

.

UM CARRO SIMULADOR DE CAPOTAMENTOS
.
Foi um grande sucesso entre os foliões na Marquês de Sapucaí a estreia do carro simulador de capotamentos, levado pelo DETRAN do Rio de Janeiro para a Avenida numa ação educativa em parceria com a concessionária EcoPonte. Cerca de 200 espectadores do desfile das Escolas Série Ouro participaram da experiência de conscientização para um trânsito mais seguro.
.
Johny Calegaro disse que foi bem legal participar dessa experiência na Sapucaí. – “Essa realidade de o carro capotar num acidente é experiência que eu não desejo para ninguém, mas é importante essa conscientização”, disse ele. Dentre os depoimentos, vale lembrar o de Gérson Ross, 26 anos: -” Se você vem para o Carnaval, vai viajar, vai dirigir, fica ligado! Se beber, não dirija”. E para quem já viveu a experiência de um acidente, a demonstração é muito importante para salvar vidas. – “Foi uma experiência bacana e, ao mesmo tempo, ruim, porque a gente fica sem controle e perde a noção das coisas. Você não raciocina, não pensa nada, fica só esperando o tempo passar para tentar se livrar. E temos que andar com cinto de segurança pois foi ele que me protegeu quando eu capotei”, afirmou o bancário aposentado Romilson de Figueiredo, de 62 anos.
.
O coordenador de Educação para o Trânsito do DETRAN-RJ, Felipe Santos, explicou que é a primeira vez que o simulador de capotamento é usado no Rio de Janeiro, e com enorme sucesso.
.
ÓCULOS DE REALIDADE VIRTUAL
.
Através de óculos de realidade virtual e de um veículo que simula a capotagem, o folião tem a oportunidade de sentir na pela a gravidade e as consequências de um acidente como esse. O simulador dá três voltas no seu próprio eixo e demonstra a importância do uso do cinto de segurança, já que o ocupante fica imóvel no banco. Durante a ação, os ocupantes sentem toda a sensação de movimento desordenado do veículo. Os óculos de realidade virtual intensificam a sensação de perda do controle no capotamento.
.
No maior espetáculo da Terra, é necessário que todos cheguem e saiam com segurança, seguindo todas as regras para transformar o trânsito em um ambiente de paz e alegria – sinalizou o presidente do DETRAN do Rio de Janeiro, Adolfo Konder. – “É uma experiência que eu só quero ter no simulador, não quero viver de verdade. Você vê o quanto usar cinto de segurança faz total diferença. Com o cinto você já fica desesperado, imagina sem o cinto. A gente já fica nervoso, acha que vai sair pela janela, e o cinto dá aquela segurada”. É muito importante, usem o cinto, advertiu Lucas Campelo, 29 anos, analista de marketing digital, que estava ao lado da psicóloga Gabriela Moreira, de 26 anos. (13 H)