DECRETO VAI COLOCAR RS EM BANDEIRA VERMELHA E SUSPENDER COGESTÃO

155
Rio Grande do Sul estará todo em bandeira vermelha e a cogestão será suspensa para frear liberações municipais que possam ser demasiadas.

Decisão foi tomada na manhã desta terça-feira em reunião de emergência sobre o modelo de Distanciamento Controlado

Após a decisão do Tribunal de Justiça, ontem à noite, que indeferiu o agravo do governo gaúcho que visava o retorno às aulas, uma reunião de emergência foi chamada hoje pelo governador Eduardo Leite. Duas decisões já foram tomadas: Rio Grande do Sul estará todo em bandeira vermelha e a cogestão será suspensa para frear liberações municipais que possam ser demasiadas. A iniciativa do governo buscaria driblar a determinação judicial, que sustentou uma regra criada pelo próprio Executivo anteriormente: de que com a bandeira preta, as aulas não poderiam ser retomadas.

Mais mudanças no Modelo de Distanciamento Controlado ainda estão em análise, entre elas, a derrubada da trava de 0,35, diferença entre leitos ocupados de UTI/Covid e leitos livres. A ideia é a de que haja um período de transição, de 10 dias, com as mudanças já definidas. As outras alterações devem vir após esse período, e muita análise.