CRESCIMENTO: CCR ANUNCIA NOVOS INVESTIMENTOS NO AEROPORTO DE PELOTAS

362
Reforma e ampliação do terminal de passageiros para melhor operação de B737-700. Imagem: CCR
Fábio Russo, da CCR Aeroportos, quando esteve no Treze Horas.

O CEO da CCR Aeroportos, Fábio Russo, que administra o Aeroporto de Pelotas João Simões Lopes Neto, esteve reunido com o governador Eduardo Leite, acompanhado dos secretários Chefe da Casa Civil, Artur Lemos; de Logística e Transportes, Juvir Costela, e do líder do governo e presidente da Frente Parlamentar da Aviação Regional, deputado Frederico Antunes. Durante o encontro, Russo anunciou um investimento de R$ 59,6 milhões por parte da concessionária nos aeroportos João Simões Lopes Neto, de Pelotas (R$ 17,8 milhões); Ruben Berta, de Uruguaiana (R$ 17,6 milhões);  e Gustavo Kraemer, de Bagé (R$ 24,2 milhões). O CEO da CCR Aeroportos disse que as obras estão previstas para iniciar em junho e julho próximos. “A intenção da CCR Aeroportos é não apenas a melhoria estrutural, mas também adequação para que os aeroportos consigam se modernizar e receber mais voos no Rio Grande do Sul”, destacou o executivo.

Por solicitação do presidente da Frente Parlamentar da Aviação Regional, deputado Frederico Antunes, o CEO da CCR Aeroportos também confirmou que a concessionária deve construir uma nova taxiway no Aeroporto Ruben Berta, em Uruguaiana, o que possibilitará pousos e decolagens de aeronaves do porte de um Boeing 737-700. Participaram também da reunião, a gerente de Relações Institucionais da CCR Aeroportos, Josy Tiberio, e o secretário da Frente Parlamentar da Aviação Regional, Cristiano Guerra.
.
A GOL já opera no Aeroporto de Pelotas com Boeing 737 em voos direto para São Paulo / Guarulhos. Foto: Divulgação – GOL

O Aeroporto de Pelotas receberá investimentos na ordem de R$ 17,8 milhões para estruturar melhor as operações da três companhias aéreas (GOL, AZUL e LATAM-Operando com a VOEPASS). Os investimentos serão assim distribuídos:

Adequação de RESAs;
Adequação de sinalização de pátio de aeronaves para 3 posições C;
Reforma e ampliação do terminal de passageiros para melhor operação de Boeing 737-700;
Implantação de PAPI na cabeceira 24;
Aumento da área de Terminal de Passageiros para operação do Boeing 737-700;
Geração de 66 empregos diretos durante as obras;
.
URUGUAIANA – R$ 17,6 MILHÕES
Adequação de RESAs
Alargamento da atual e construção de uma nova taxiway.
Ampliação do Pátio de aeronaves para 2 posições C
Reforma e ampliação do terminal de passageiros
Implantação de PAPI na cabeceira 27
Desapropriação.
Geração de 56 empregos diretos durante as obras
.
BAGÉ – R$ 24,2 MILHÕES
Adequação de RESAs
Novo pátio de aeronaves para 2 posições C
Nova taxiway de acesso ao novo pátio
Pequenas adequações do Terminal de Passageiros para atender ao Cessna
Implantação de PAPI na cabeceira 24
Pequenas adequações no terminal em função da redução do tamanho da aeronave a ser atendida (Cessna)
Geração de 70 empregos diretos durante as obras
.
.