ASSOCIAÇÃO MÉDICA PELOTENSE COMPLETA 80 ANOS NESTA SEXTA-FEIRA

519
A primeira diretoria tinha como presidente o Dr. Franklin Olivé Leite. Também integravam o grupo os médicos José Ottoni Xavier, Álvaro Ozório, Orlando de Azevedo e Avelino Costa.

Entidade norteou importantes momentos da medicina em Pelotas

A Associação Médica de Pelotas (AMP) completa 80 anos com importante papel na comunidade pelotense e celebra nesta sexta-feira(6), a partir das 20h30, em uma LIVE com transmissão direto do Satolep BrewPub. Na programação está previsto o lançamento do selo comemorativo da entidade, que reúne mais de 600 associados. Na ocasião serão homenageados os médicos Homero Simões Lopes Júnior e Sérgio Olivé Leite, que completam 80 anos no mesmo ano da entidade, além dos jubilados de 2020. Também está prevista uma homenagem ao médico José Raymundo, membro efetivo da entidade e uma das primeiras vítimas de covid-19 na cidade. Outro momento que promete emoção será o discurso de Norma Xavier Souto, que se despede depois de estar à frente da presidência nas gestões 2014-2017 e 2017-2020.

A nova diretoria, liderada por Clarissa Castagno, e formada pelos médicos Cláudio Raphael Pilownic, Décio Valente Renck, Thiago Vernetti Ferreira, Maria Cristina Gonzalez e Fernanda Tcatch Lauermann.

O evento marca a posse da nova diretoria, liderada por Clarissa Castagno, e formada pelos médicos Cláudio Raphael Pilownic, Décio Valente Renck, Thiago Vernetti Ferreira, Maria Cristina Gonzalez e Fernanda Tcatch Lauermann. A iniciativa de transformar o tradicional encontro anual em um momento de integração virtual foi a alternativa encontrada para não deixar de reverenciar a memória da AMP. Para estimular a participação, a diretoria enviou aos associados um criativo convite com caixas contendo cervejas artesanais para serem degustadas durante as apresentações. A banda Music time Machine estará embalando os momentos de emoção e descontração previstos no roteiro.

A LIVE tem caráter beneficente em prol da Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (AAPECAN). A entidade fundada em 2005 possui 14 unidades de atendimento e dez Casas de Apoio no Rio Grande do Sul. Os pacientes diagnosticados com câncer, em situação de vulnerabilidade, recebem ajuda para lidar com a doença. O público será convidado a direcionar doações para apoiar a AAPECAN. Para acompanhar a programação basta acessar o site www.amedpel.com.br/. O evento tem o patrocínio ouro de Unimed, Unicred e Laboratório Antonello e prata de Agelus Pax, CAP – Centro de Anatomia Patológica, FarMaster, Clínica Lacks, Novara, Radiologue e Uso Indicado. A Osirnet estará garantindo a qualidade de conexão para esta data memorável.

HISTÓRICO – A entidade foi fundada em 7 de novembro de 1940, como Sociedade de Medicina de Pelotas. Segundo os registros históricos foi concebida por homens sonhadores, que sentiram a necessidade de congregar a classe médica para lutarem por objetivos comuns. A primeira diretoria tinha como presidente o Dr. Franklin Olivé Leite. Também integravam o grupo os médicos José Ottoni Xavier, Álvaro Ozório, Orlando de Azevedo e Avelino Costa. Inicialmente, as reuniões, assembleias e eleições eram realizadas no salão de honra da Bibliotheca Pública, e após passaram ao prédio da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Ao longo de oito décadas muitos fatos foram marcantes da área médica. Um deles aconteceu em 1948 quando a entidade organizou o Congresso de Hidatidose, um dos eventos mais importante da década na área. O congresso mobilizou pesquisadores de várias regiões do Brasil e Argentina, transformando Pelotas em referência no tratamento da patologia. Na década de 60 os médicos da Sociedade de Medicina desempenharam um papel fundamental na implantação das faculdades de medicina da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e Universidade Católica de Pelotas (UCPel).