O TREZE HORAS ENTROU NO SEU ‘ANO 42’

176
Clayton Rocha coordena o Treze desde a sua criação em 1978.

O TREZE HORAS ENTROU NA SEMANA PASSADA NO SEU ‘ANO 42’. CRIADO EM 6 DE NOVEMBRO DE 1978, O PROGRAMA PREPARA-SE PARA MAIS UM ANO DE ELEIÇÃO MUNICIPAL. UMA MARCA TAMBÉM DA RÁDIO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS – AM 1160

O Treze, como é popularmente conhecido, é um dos mais antigos programas do rádio brasileiro ao estilo mesa de debates e nesta semana está entrando no seu Ano 42. O programa dura uma hora e meia – das 13h às 14h30min – e até hoje, é apresentado pelo radialista e jornalista Clayton Rocha, tendo como principal assunto o cenário público e político de Pelotas. A programação em 2020, mais uma vez, vai ganhar corpo ao longo do ano com mais uma eleição municipal, que se realizará em outubro. O Treze é ‘parada’ obrigatória dos políticos, pré-candidatos e – posteriormente – pelos candidatos a prefeito e vereador. O mês de janeiro marca o início do ano 42, mas sobretudo é o início de mais um ano de polêmicas no estúdio conhecido como o ‘Palácio da Política’!

Valorizado pelos pelotenses, o Treze Horas foi idealizado no ano de 1978, na cidade do Vaticano, por ocasião da eleição do Papa João Paulo I. No episódio, a Rádio Universidade Católica de Pelotas fez a inédita transmissão da eleição de um Papa. Com a ideia do programa, e de volta a Pelotas, o âncora levou ao ar, pela primeira vez, o Pelotas Treze horas. Era dia 06 de novembro de 1978 e o debate contou com a presença de figuras famosas da cidade.

Nestes 41 anos o programa foi transmitido de 04 continentes, sendo o segundo debate diário mais antigo do Brasil.Impossível falar sobre o Programa Pelotas Treze Horas sem iniciar mencionando o nome de seu criador e âncora há 41 anos, o jornalista Clayton Rocha.  Espaço onde o ‘debate é livre e a opinião independente’ (slogan do programa), o Treze Horas é parada obrigatória de grandes personalidades que visitam Pelotas, como políticos, atores, cantores, representantes de comunidades, profissionais, enfim, local onde qualquer pessoa possa abordar questões de interesse geral.

Sob o lema “Debate livre e opinião independente”, quase 50 profissionais liberais, além de jornalistas e homens do rádio, participam dos debates diários, transmitidos do “Salão Amarelo”, amplo estúdio para 30 pessoas, no 7º andar do Palácio do Comércio, no centro de Pelotas-RS. O programa tem caráter opinativo e vai ao ar pontualmente às 13h05m. Os habitantes de Pelotas podem sintonizar a rádio na frequência 1160, pela modulação AM.

Hoje o Treze Horas pode ser acompanhado em todas a plataformas da modernidade:

  • Rádio Universidade – AM 1160
  • Internet – www.ru.ucpel.edu.br
  • Site – www.pelotas13horas.com.br
  • Facebook – Facebook.com/Pelotas13horas
  • Instagram – Pelotas13horas
  • Twitter – @Pelotas13horas
  • E-mail – [email protected]
  • Whatsapp – 53 98114 8808 / 53 99125 6333
  • Spotfy – Programa Antigos – anchor.fm/Pelotas13horas
  • Programa antigos – www.pelotas13horas.com.br – Link: programas.