MORRE O VEREADOR SID

338
Aos 63 anos, o parlamentar concorreu a vereador nas últimas três eleições, ficando como suplente em 2012 e 2016, vindo a se eleger em 2020 com 1065 votos.
VEREADORA MIRIAM MARRONI FALA SOBRE A MORTE DE SIDNEI MATIAS FAGUNDES, O SID – Podcast

Com imensa tristeza a Câmara Municipal de Pelotas lamenta a morte do vereador Sidnei Matias Fagundes, o Sid (PT). O anúncio foi passado pela assessoria do vereador à Mesa Diretora nesta quinta-feira, 10 de fevereiro, por volta das 7h45min. O parlamentar lutava pela vida há 21 dias em um leito de UTI no Hospital São Francisco de Paula, após sofrer um grave acidente de carro no dia 20 de janeiro, na Avenida Adolfo Fetter, em decorrência de um mal subido.

Aos 63 anos, o parlamentar concorreu a vereador nas últimas três eleições, ficando como suplente em 2012 e 2016, vindo a se eleger em 2020 com 1065 votos. Sid foi o segundo vereador eleito da bancada do Partido dos Trabalhadores (PT), ao lado de Míriam Marroni. Filiado ao PT desde 2009, dedicou 40 anos de sua vida à causa de pessoas com deficiência e nanismo, lutando sempre por acessibilidade, inclusão, garantia de emprego e cotas em concursos públicos. Foi proponente e criador da Comissão Especial da Pessoa com Deficiência na Câmara de Pelotas e relator da Comissão de Orçamento e Finanças (COF), que definiu o Plano Plurianual para 2022.

Fagundes era casado, foi cobrador de ônibus no transporte público, trabalhou como assessor no poder legislativo pelotense com os então vereadores Valnei Tavares, Otávio Soares e Míriam Marroni. Com esta última, Sid também exerceu atividades profissionais na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Foi fundador do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, membro do Conselho Estadual e participou de inúmeras conferências e fóruns, colaborando para que a causa tivesse avanços nacionalmente importantes nestes 40 anos.

Em 2021 o vereador foi vítima de um AVC, o que não comprometeu em nada seu sistema neurológico, continuando assim, a levar sua vida normalmente. Sid era portador de osteogênese imperfeita(OI), conhecida popularmente como ossos de vidro, uma doença rara de origem genética, que é caracterizada em especial pela fragilidade dos ossos que acabam sofrendo fratura de repetição

O vereador deu entrada no Pronto Socorro logo após o acidente com diversas fraturas, inclusive com comprometimento de alguns órgãos. Nos dias seguintes foi submetido a cirurgias e exames clínicos. O quadro de saúde do vereador agravou-se nos últimos dias com a falência múltipla de órgãos, vindo a falecer hoje.

“Estamos extremamente tristes com essa notícia. O vereador Sid deixa um legado de resiliência e de muito aprendizado para todos nós. Fez história na Câmara de Vereadores e foi um exemplo para todos aqueles que apreciam a boa política”, lamenta o presidente da Casa, Marcos Ferreira (Marcola).

A Câmara Municipal decreta luto oficial de três dias. Informações sobre velório e funeral serão divulgadas em breve pela assessoria do vereador.