PELOTAS VERDE E MULTICOLORIDA – UM PARQUE PARA PELOTAS

199
O Parque Urbano será uma praça pública, construída pela Porto 5, por medidas mitigatórias, com acompanhamento técnico das secretarias de Gestão da Cidade e Mobilidade Urbana (SGCMU) e de Qualidade Ambiental (SQA).

Área do futuro Parque Urbano da Juscelino já é do Município

Prefeita Paula assina documentação de doação do terreno pela Porto 5. Fase 1 do projeto já está em andamento

Nesta semana, a prefeita Paula Mascarenhas assinou o recebimento da área localizada na avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, entre as ruas General Argolo e Doutor Cassiano, onde será construído o Parque Urbano. A doação do terreno, com 130 metros de comprimento por 45 de largura, para o Município, pela empresa Porto 5, já estava prevista como compensação de empreendimentos urbanos. A fase 1 do projeto está em andamento.

O Parque Urbano será uma praça pública, construída pela Porto 5, por medidas mitigatórias, com acompanhamento técnico das secretarias de Gestão da Cidade e Mobilidade Urbana (SGCMU) e de Qualidade Ambiental (SQA).

De acordo com o secretário de Qualidade Ambiental, Eduardo Schaefer, a construção será desenvolvida em três etapas. A fase 1, correspondendo aos primeiros 70 metros a contar da rua General Argolo, terá características de espaço de convivência. A fase 2 – área central – será voltada para passeios em área inserida em contexto ambiental, com arborização e preservação da mata existente. A fase 3, primeiros 25 metros a contar da Doutor Cassiano, será destinada ao público infantil, com playground e recursos para recreação, lazer e diversão. A área total do Parque será de 59.650 metros quadrados.

“A assinatura do registro do imóvel oficializa a saída do projeto do papel. Trata-se de uma obra relevante. Será mais uma área pública qualificada para atender à demanda da população, localizada em região que tem sido beneficiada com expressivos avanços, como a requalificação da infraestrutura da avenida Juscelino e a construção do Ginásio Municipal Karosso. Será um corredor de convívio, com características originais que possibilitarão a integração popular com conceitos, ambientes e educação ambiental”, salienta Schaefer.

O que terá no Parque

Além de natureza, o projeto executivo paisagístico do Parque Urbano prevê a instalação de mobiliário. Haverá 23 bancos de dois modelos, oito bicicletários metálicos, lixeiras, 23 canteiros para vegetação ornamental, e postes com luminárias. O piso será diferenciado por espaços – cimentício e revestido em borracha, além de blocos intertravados de concreto.

A execução do projeto transformará o atual terreno, disponibilizando, à comunidade, espaços de lazer, para caminhadas, recreação, estar e contemplação, integrando-se ao contexto urbano de futuros empreendimentos e promovendo uma visão urbanística linear.