PAULO RICARDO CORRÊA NO TREZE HORAS – Podcast

164
Paulo Ricardo Corrêa, advogado e homem de rádio, é uma cópia fisionômica de seu pai, também advogado, e consagrado como narrador de futebol.
Paulo Corrêa, nos tempos da Rádio Pelotense entrevistando o presidente Juscelino Kubitscheck, em visita a Pelotas. (Foto: Álbum da família)

O Treze Horas recebeu nesta segunda-feira no Salão Amarelo do Edifício da Associação Comercial de Pelotas o amigo do programa com base em Rio Grande: Paulo Ricardo Corrêa, advogado e homem de rádio, é uma cópia fisionômica de seu pai, também advogado, e consagrado como narrador de futebol. Paulo Ricardo é filho de Paulo Corrêa que se destacou em várias áreas do radiojornalismo. Muito participou também do Treze Horas. Chegou a apresentar nas emissoras de Pelotas e Rio Grande um comentário ao meio-dia, em que abordava temas gerais

Paulo Corrêa (pai) –  falecido em 2010, marcou época em Pelotas e em Rio Grande, encantava o público ouvinte e tinha uma voz aveludada, envolvente e precisa na descrição dos lances.

Marcou época em Pelotas e em Rio Grande, encantava o público ouvinte e tinha uma voz aveludada, envolvente e precisa na descrição dos lances. Torcia para o F C Riograndense e não escondia isso, e fazia rádio com amor à causa.

Foi diretor da rádio Minuano de Rio Grande, consagrando a emissora marítima com uma equipe esportiva de altíssimo nível.Em Pelotas, na última etapa de sua vida na crônica esportiva, também atuou na rádio Universidade Católica de Pelotas, tendo narrado jogos históricos de um E. C. Pelotas que tinha Flávio Minuano no comando do ataque.

Paulo Corrêa (pai) foi um dos grandes amigos do empresário Manoel Marques da Fonseca Júnior, além de homem de confiança FJ em Rio Grande. Antes da Minuano, emissora da qual foi diretor, atuou brilhantemente na PRC-3 Rádio Pelotense, emissora também de propriedade de Fonseca Júnior. Apaixonado por Rio Grande, construiu uma marcante história de vida no rádio e na advocacia. E sempre que alguém falar em crônica esportiva em Rio Grande, o seu nome será o primeiro a ser lembrado pelos torcedores, até porque estes são – e historicamente – apaixonados por rádio.

Programa desta segunda-feira com a participação de Paulo Ricardo Corrêa no Podcast abaixo: