MORRE A SOPRANO TEREZINHA RÖHRIG

58

Morreu na madrugada deste domingo a soprano Terezinha Röhrig, aos 94 anos. Era professora aposentada da Universidade Federal de Pelotas. Ela estava internada na Sociedade Portuguesa de Beneficência e morte foi de causas naturais. Natural de Pelotas – RS, foi vencedora de diversos concursos nacionais de canto e do importante concurso “Francisco Viñas” (1963), em Barcelona, cidade para a qual se transferira a fim de estudar sob orientação da famosa pianista e soprano camerista espanhola Conchita Badía, discípula e maior intérprete de Enrique Granados. Venceu, também na Espanha, o “Concurso de Canto de Orense”. Divulgou a música vocal de câmara brasileira na Espanha e, a convite do Itamaraty, pela América do Sul, além de turnês por todo o País. Dedicou-se ao magistério no Curso Superior de Canto da Universidade Federal de Pelotas, promovendo atividades artísticas em sua cidade natal.