MAIS DESTRUIÇÃO EM DECORRÊNCIA DO CLIMA NO RS

157
Temporal em São Luiz Gonzaga causou prejuízos, principalmente na área central da cidade. Foto: Bombeiros / Reprodução

O Rio Grande do Sul viveu mais um dia de ‘terror’ climático neste domingo, 16 de junho. A Situação se complica (mais uma vez) pelo excesso de chuva e desta vez também o vento. O Salão da Gruta Nossa Senhora de Lourdes, em Dom Pedro de Alcântara, no Litoral Norte gaúcho – desabou. Não há informação de vítimas. A Chuva supera 150 mm na região de Torres. Há inundação em Três Forquilhas. Moradores da Travessa das Camélias, no bairro Partenon, na Zona Leste de Porto Alegre, mostram em vídeo a água barrenta que sai da torneira de suas residências neste domingo. Em Cachoeiras na BR-116 entre Caxias do Sul e São Marcos, na Serra Gaúcha, há risco de deslizamentos e queda de barreiras. O pesadelo continua.

SÃO LUIZ GONZAGA

A cidade de São Luiz Gonzaga, na região noroeste de Estado, foi atingida por um forte temporal por volta das 22h deste sábado. O fenômeno foi classificado pela Sala de Situação do Estado como uma microexplosão, decorrente de uma intensa instabilidade associada a uma frente fria estacionária, juntamente com o fluxo de umidade do norte do país. Segundo o prefeito Sidney Brondani, ao menos 1,2 mil casas sofreram as consequências do vento, granizo e da chuva, o que totaliza em torno de 12 mil pessoas. Já o coordenador regional da Defesa Civil, Cristiano Machado, esclarece que aproximadamente 15 mil pessoas foram afetadas de alguma forma pelo temporal, com ventos de 70km/h.

PREVISÃO

O tempo fica instável ao longo da próxima semana em todo o Rio Grande do Sul e a chuva estará presente, com diferentes intensidades, em praticamente todos os dias. A temperatura ficará amena, não ultrapassando os 24ºC, e deve cair um pouco com a chegada oficial do inverno, na quinta-feira (20).

Rio Caí sobe cinco metros em sete horas e preocupa moradores de São Sebastião do Caí

Até as 19h, nível do Caí já estava em 9,34m, a pouco menos de 1m da cota de inundação na cidade.

Defesa Civil alerta para aumento no nível do Taquari

Assim como o Caí, o Rio Taquari também deixa a população das cidades da região em alerta. Na noite deste domingo, a Defesa Civil publicou um alerta devido ao risco de inundação. A população é orientada a evitar áreas de risco.

Nas cidades do Vale do Taquari, o rio subiu cerca de 68cm em apenas uma hora, entre as 18h e 19h deste domingo. Já em Muçum, a elevação foi de 1,63 no mesmo período e elevou o nível para 9,41. A cota de alerta do Taquari é de 15m, enquanto a cota de inundação é de 18m.

PELOTAS

Mesmo com a chuva constante desde a noite de sexta-feira até o fim deste domingo, não houve alerta por parte da prefeitura de Pelotas ou alguma informação nos canais oficiais da prefeitura. Não há alagamentos na cidade.