DESTAQUE DE SÁBADO: OLÍVIO PEDIA AUTORIZAÇÃO AO GERENTE

70

Olívio Dutra trabalhava em uma agência do Banrisul em Porto Alegre. Sua origem é o Sindicato dos Bancários do RS. Se tornou uma das principais lideranças do PT – Partido dos Trabalhadores, no estado e começou a ser procurado pelos órgãos de imprensa para entrevistas e participações em programas de TV e Rádio. Não foi diferente com o Treze Horas, da R.U., coordenado pelo jornalista Clayton Rocha. Como o programa começa às 13h, esse era um horário em que Olívio, já político que começava a se destacar no estado, estava em expediente de trabalho. Para participar ao vivo, por telefone, do Treze Horas, direto de Porto Alegre, Olívio solicitava – humildemente ao seu gerente – a autorização para utilizar o telefone do banco e transmitir sua mensagem ao programa e a Zona Sul do Estado. O tempo passou e Olívio se tornou Governador do Rio Grande do Sul. Mesmo depois de ter visitado por várias vezes os estúdios do Treze e da Rádio Universidade, já na condição de governador, em seus roteiros pela região e de passagem por Pelotas, Olívio Dutra fazia questão de estar no  programa Treze Horas. A assessoria de imprensa de Olívio relatou à Clayton Rocha que quando a agenda constava Pelotas, a primeira coisa que Olívio dizia ao pessoal do roteiro era: ‘ – incluam uma ida no Treze Horas. Encontrem um tempo para eu poder me comunicar com o sul do estado’.

Uma passagem que caracteriza os 41 Anos de história do Treze e também simboliza a humildade de um  político que nunca perdeu suas características. É o destaque deste sábado!