CRESCE CONTÁGIO E GABINETE DE CRISE EMITE AVISOS ÀS 21 REGIÕES COVID-19

40
O Estado reforça a importância de a população buscar a dose de reforço e a segunda dose da vacina contra covid-19. Cerca de 80% da população residente no Rio Grande do Sul está com o esquema vacinal primário (duas doses) completo, mas apenas 55,4% tomaram a dose de reforço. 

O governo do Estado emitiu, pela quinta vez consecutiva, Avisos para todas as 21 regiões no Sistema 3As de Monitoramento, que gerencia a pandemia de covid-19 no Rio Grande do Sul. Coordenada pelo governador Ranolfo Vieira Júnior, a reunião do Gabinete de Crise ocorreu por videoconferência nesta quarta-feira (29/6).

Na semana, a média móvel de casos confirmados apresentou um aumento de 16,4%. Com isso, a incidência semanal de casos no Estado é de 224 por 100 mil habitantes. O número de internados entre casos suspeitos e confirmados diminuiu em 28, sendo um decréscimo de 18 pessoas em leitos clínicos e de 10 em leitos de UTI.

O número de internados em leitos clínicos, suspeitos e confirmados, é 741, uma redução de 2,4% quando comparado à semana passada. Os internados em UTIs, suspeitos e confirmados, são 207, o que representa uma redução de 4,6% em relação à semana passada.

De acordo com o monitoramento feito pelas equipes do Grupo de Trabalho (GT) Saúde, na semana foram registrados 118 óbitos por covid-19, uma média de 16,9 por dia, representando um aumento de 9,3% em relação à média da semana anterior.

O Estado reforça a importância de a população buscar a dose de reforço e a segunda dose da vacina contra covid-19. Cerca de 80% da população residente no Rio Grande do Sul está com o esquema vacinal primário (duas doses) completo, mas apenas 55,4% tomaram a dose de reforço.

Texto: Thamíris Mondin
Edição: Secom