BANRISUL SUPERA META E CRESCE 76% EM CRÉDITO AGRÍCOLA

110
O lançamento do Plano Safra 2023/2024 do Banrisul será no dia 6 de julho, em Porto Alegre. Foto: Banrisul / Divulgação
Volume de concessões alcançou valor recorde de R$ 8,6 bilhões, ultrapassando em R$ 1,6 bilhão o montante estabelecido

O Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) encerra o Ano Safra 2022/2023 com mais um ciclo de volume recorde. Ao todo, foram R$ 8,6 bilhões em crédito agrícola e um crescimento de 76% em relação ao período anterior. Os valores referem-se aos dados computados até 9 de junho.

Segundo o presidente do Banrisul, Cláudio Coutinho, a meta inicial era chegar a R$ 7 bilhões. “Fortalecemos ano a ano o agronegócio, setor que é a base do desenvolvimento do nosso Estado e que movimenta o PIB do nosso país”, observou.

As linhas do Pronamp, destinadas a médios produtores, receberam R$ 2,9 bilhões, crescimento de 131,4%. Já as do Pronaf, voltadas para pequenos produtores da agricultura familiar, atingiram um incremento de 77,1%, com um total movimentado de R$ 1,5 bilhão. Para os demais produtores, empresas e cooperativas foram destinados R$ 4,2 bilhões, aumento de 50,5%.

O diretor de Crédito da instituição, Osvaldo Lobo Pires, esclarece que o banco manteve contratações durante todo o ano safra. “O fato de termos conseguido recursos equalizados, aliado à gestão de funding, nos permitiu atender à demanda dos clientes ao longo de todo o ano safra”, avaliou. O executivo destacou, ainda, a implementação dos Espaços Agro, com ambientes exclusivos e idealizados para relacionamento e atendimento especializado aos produtores rurais.

O lançamento do Plano Safra 2023/2024 do Banrisul será no dia 6 de julho, em Porto Alegre.