ARTIGO – DESTINO? – Podcast

96
Professor e Advogado José Luis Marasco Cavalheiro Leite no Treze Horas de quarta-feira, 08.12.2021.

QUARTA-FEIRA, 8 DE DEZEMBRO DE 2021.
.
DESTINO?
(De quem tem saudades do futuro…)
.

Clayton Rocha

Participamos de uma conversa descontraída, coloquial, agradável, que examinou inúmeras questões de interesse regional, além do componente saudosista que marcou fortemente o debate desta quarta-feira, 8 de dezembro de 2021. Falou-se em trens, navios, aviões,andanças, partidas, chegadas, sonhos, desafios, esperanças, projetos de vida iniciados em geografias caseiras e também nos endereços distantes e desafiadores que pedem “coragem” e “determinação”.
.
O Treze Horas desta quarta-feira, 8 de dezembro de 2021, radiofonizado por três de seus debatedores, e tendo o professor José Luis Marasco Cavalheiro Leite como convidado especial, pode ser explicado numa só palavra, acompanhada por um ponto de interrogação: DESTINO?

.
Falamos da vida, de chegadas e de partidas, de alegrias e de tristezas, de saudades, de ousadias e de buscas! E nessa conversa que fluiu espontaneamente e que se deixou envolver pelo improviso, localizamos esta tarde aquilo que se faz presente em nossas histórias de vida, ao nos perguntarmos sobre qual será o nosso próximo DESTINO!
.
Na vida, na profissão, no amor, nos sonhos, nos desafios, num embarque, não há quem não pense no DESTINO!
QUAL É O DESTINO?
Destino, eis aqui a palavra emblemática que se encarregou de explicar o 13 H desta quarta-feira, 8 de dezembro de 2021.
.
A propósito, qual será o nosso DESTINO por ocasião dessa viagem prestes a começar através do número 2022?
QUAL SERÁ?
ESTAREMOS PREPARADOS PARA SONHAR À VONTADE?
QUEIRA DEUS QUE SIM! POIS GOSTAMOS DAQUELE QUE SONHA O IMPOSSÍVEL.
Aquele que se projeta no futuro, como diria Lessa Freitas, já tem saudades dele! E não espera apenas esperando, mas sim espera vivendo. E tem consciência de que o relógio não existe nas horas felizes. E também sabe que a vida é uma larga lição de humildade. E percebe, finalmente, ao conversar consigo mesmo, que o silêncio é um amigo que jamais atraiçoa.
.
Aquele que sonha o impossível tem por hábito respeitar a palavra mágica de um extraordinário bordão, que identifica Ernani Schimidt em suas recomendações diárias: – PROSSIGAMOS!
.
Pois ao prosseguir na jornada da vida, e mesmo que estejamos passando pelo inferno, haveremos de continuar cientes da lição preciosa de Shakespeare, segundo a qual A VONTADE FAZ O CAMINHO. Pois então, caro leitor… prossigamos, pois também temos saudades do futuro. (CR)

TREZE HORAS DE QUARTA-FEIRA – DESTINOS – Podcast