PSTU OFICIALIZA CANDIDATURA PRÓPRIA AO GOVERNO DO RS

18
Candidata do PSTU ao governo do RS, Rejane de Oliveira — Foto: Reprodução/RBS TV
Partido também definiu Vera Rosane de Oliveira como vice e oficializou o nome de Fabiana Sanguiné para a disputa ao Senado

O PSTU oficializou, na tarde de sábado (30), a candidatura de  Rejane de Oliveira ao governo do Rio Grande do Sul. A única mulher que concorrerá ao Piratini nas eleições de outubro teve seu nome oficializado pelo partido durante convenção realizada no auditório do Cpers-Sindicato, em Porto Alegre. “Aceitei esse grande desafio de ser candidata ao lado da Rejane, porque cada vez mais o capitalismo tem mostrado sua face mais cruel, sua decadência, que combina machismo e racismo. Vamos defender nestas eleições que homens e mulheres, LGBTIs, brancos, indígenas, negros, imigrantes se unam para combater estas mazelas e construir uma sociedade socialista, verdadeiramente humanizada, respeitando a diversidade que de fato enriquece a nossa classe”, defendeu Vera.

Vera de Oliveira é militante histórica do partido e foi candidata a vice-prefeita na chapa de Júlio Flores, em 2020, para a prefeitura de Porto Alegre. Servidora federal aposentada, é reconhecida no Movimento Negro por sua “luta contra as opressões”.

As pré-candidatas Rejane de Oliveira, Vera de Oliveira e Fabiana Sanguiné formarão uma chapa completa para o governo e Senado, que deve ser oficializada  em convenção do partido, no próximo sábado, 30 de julho.