PL APOSTA EM EMPRESÁRIO COMO PRÉ-CANDIDATO

958
Empresário Marciano Perondi já esteve no Treze Horas. Foto: Arquivo do Treze Horas.

O PL – Partido Liberal – de Jair Bolsonaro – aposta no empresário Marciano Perondi para conquistar a Prefeitura de Pelotas, nas eleições de 6 outubro. A pré-candidatura de Perondi é estimulada pelo prefeito de Bagé, Divaldo Lara e de sua irmã, Deputada Estadual Adriana Lara. O lançamento da pré-candidatura do Partido Liberal aconteceu no último dia 11 de junho em jantar realizado na Churrascaria Lobão. Nesta quarta-feira, 26.06, Perondi reuniu-se com o deputado federal Zucco e com o ex-presidente Jair Bolsonaro, que também referendaram sua pré-candidaura pelo PL. A indicação deverá ser por Porto Alegre, já que o partido tem somente comissão provisória em Pelotas e pela legislação eleitoral, não realiza convenção. O pré-candidato estará no Treze Horas na próxima segunda-feira, 01.07, para conceder entrevista especial ao programa.

Marciano Perondi estabeleceu-se em Pelotas para concluir as obras do edifício Praça XV localizado na área central, em frente a Praça Coronel Pedro Osório. A obra está inviabilizada pela burocracia do IPHAN. Nos andares mais abaixo ele abriu a Escola Praça XV, que funciona atualmente no local.

MARCIANO PERONDI*

Natural de Santa Catarina, filho de agricultores, veio para o Rio Grande do Sul no ano de 1993, com 10 ano de idade. Passou parte da infância no interior de Gramado. Com 15 anos, foi trabalhar em fábricas de calçados, na cidade de Igrejinha. Com 19 anos, foi morar em Caxias do Sul, onde prestou serviço militar. Começou a cursar direito na Universidade de Caxias do Sul. Trabalhou como como pedreiro por alguns anos para pagar sua faculdade

Foi atleta por 8 anos sendo 6 anos como atleta de triátlon (corrida, natação e ciclismo) pela (UCS). Formou-se em direito no ano de 2008, fez especialização em Direito Tributário. Em 2009, abriu escritório de advocacia que mantém até hoje. No ano de 2011, casou-se com a arquiteta Rafaela Shmitz Bisol de quem é sócio na empresa PR1 CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA.

Possui dois filhos: Olívia (8 anos) e Benjamin (9 anos).

O QUE MARCIANO PERONDI VEIO FAZER EM PELOTAS

Perondi, vem a Pelotas desde 2011, quando chamou para si responsabilidade de resolver os processos da Torre Central Park o famoso (esqueletão da praça).

Após seis anos de muito trabalho, conseguiu resolver todos os processos da parte comercial do empreendimento.

No inicio de 2019, adquiriu grande parte do setor residencial do edifício.

Os projetos para conclusão da obra foram todos aprovados. No entanto, a construtora assim como todo o povo pelotense, aguardam a autorização do IPHAN-RS para a conclusão do empreendimento.

A Torre Central Park é uma das 3 maiores obras inacabadas do estado e o IPHAN, que deveria ser o órgão mais preocupado em agilizar a aprovação do projeto para a conclusão do empreendimento, é o único órgão que atrapalha.

O projeto para conclusão do empreendimento está aprovado em última instância no IPHAN, desde o final de 2022, sendo que, até o presente momento, o superintendente do IPHAN-RS Rafael Passos ainda não autorizou a conclusão da obra.

Foi definido pelo IPHAN/BRASÍLIA, em última instância de recurso, que a contraprestação pela conclusão do empreendimento deveria ser definida em audiência pública pela população pelotense.

O próprio IPHAN-RS determinou a realização da audiência pública – que ocorreu no dia 14 de fevereiro de 2022 – em que ficou definindo que a contraprestação seria a reforma das ruas Conde de Piratini e Ismael Soares.

O processo foi encaminhado ao IPHAN-RS para a assinatura do TAC (Termo de Ajuste de Conduta). Justamente nesse período houve a troca do superintendente do IPHAN, ingressando Rafael Passos.

Rafael Passos não concorda com a conclusão da obra e quer cobrar da construtora, para conclusão dos últimos pavimentos, valores impagáveis de contraprestação, contrariando o definido pela população pelotense em audiência pública, transparecendo descaso em relação à opinião do povo pelotense por parte do superintendente do IPHAN-RS.

No mês de maio, houve uma determinação do IPHAN (nacional), para que a superintendência cumpra a decisão e autorize conclusão da obra, é esperado que, já no início do mês de julho, seja autorizada a conclusão da obra.

Perondi também fundou o Colégio PRAÇA XV, que é um dos colégios mais inovadores do estado, atendendo alunos desde a Educação Infantil, até o Ensino Médio.

Por que Marciano Perondi decidiu concorrer ao cargo de prefeito de Pelotas?

Perondi fixou residência em Pelotas no mês de janeiro de 2023, trazendo esposa e filhos.

Segundo Perondi, Pelotas é uma cidade maravilhosa, mas com muitos problemas.

Pelotas tem uma capacidade gigantesca de crescimento, mas esbarra na burocracia e na falta de incentivo ao desenvolvimento econômico.

Hoje, Pelotas encontra-se num estado de abandono na saúde, educação e infraestrutura de ruas, esgoto etc.

Além disso, o município possui um elevado percentual de desemprego.

Diante de disso, e para colocar Pelotas no rumo de crescimento econômico Perondi decidiu concorrer ao cargo de Prefeito de Pelotas.

*Dados enviados pelo próprio pré-candidato.