GOVERNADOR EDUARDO LEITE VISTORIA OBRAS DO NOVO PRONTO SOCORRO DE PELOTAS

216
O governador vistoriou as obras do Hospital Regional de Pronto Socorro, que utiliza recursos do programa Avançar na Saúde Autor: Maurício Tonetto/Secom

Governador Eduardo Leite vistoria obras em Pelotas e assina convênio para compra de poltronas de hemodiálise para o Hospital São Francisco de Paula

O termo foi assinado pelo governador Eduardo Leite, pela secretária da Saúde, Arita Bergmann, e pelo arcebispo metropolitano de Pelotas e chanceler da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Dom Jacinto Bergmann. Foto: Divulgação.

O governador Eduardo Leite participou de uma série de agendas em Pelotas nesta sexta-feira (22/9). Ao lado da secretária da Saúde, Arita Bergmann, Leite assinou um convênio com o Hospital Universitário São Francisco de Paula para a aquisição de 30 poltronas elétricas de hemodiálise. O ato de assinatura ocorreu na sede da prefeitura municipal.

O serviço de diálise da instituição, que receberá os novos equipamentos, atende 120 pacientes crônicos em tratamento por hemodiálise ou diálise peritoneal. O valor total do convênio é de R$ 248.439,90.

“Para a percepção do paciente, a cadeira acaba sendo mais significativa do que o próprio aparelho, já que são muitas as horas em que ele passa utilizando essa poltrona, mais de uma vez por semana. O conforto é essencial para um tratamento mais digno e humano”, disse Leite.

A prefeita Paula Mascarenhas e a secretária de Saúde de Pelotas, Roberta Paganini, e a coordenadora da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde, Milena Hoffmann, acompanharam o ato de assinatura do convênio.

Obras do Pronto Socorro

Também nesta sexta-feira, o governador vistoriou as obras do Hospital Regional de Pronto Socorro, que está sendo construído com R$ 55 milhões em recursos do programa Avançar na Saúde e vai beneficiar um milhão de pessoas na região Sul do Estado.

O novo prédio ocupa uma área de 9.408 metros quadrados. Quando estiver pronto, oferecerá atendimento de urgência e emergência, com 159 leitos (clínicos, de pronto atendimento e de UTI) para adultos e dez de pediatria, além de cinco salas cirúrgicas e dependências para recuperação. Até agora, 40% da obra já foi executado.

O hospital ocupa uma área de 9.408 metros quadrados e vai beneficiar cerca de um milhão de pessoas no Sul do Estado – Foto: Maurício Tonetto/Secom

“Este hospital será concluído no ano que vem e vai mudar muito o panorama do atendimento em saúde na região Sul do Estado”, enfatizou Leite.

“A obra tem um projeto moderno, que a empresa está executando dentro do cronograma. Aqui a população da região Sul terá acolhimento com qualidade e carinho e muitas vidas serão salvas”, complementou Arita.

Loteamento Estrada do Engenho

Acompanhado da prefeita, o governador também aproveitou o dia em Pelotas para visitar o loteamento Estrada do Engenho, onde estão sendo construídas casas populares para as famílias que vivem às margens do canal São Gonçalo.

O projeto contempla 57 casas, das quais 35 estão sendo construídas com recursos do Estado. O loteamento também conta com verba do Fundo de Reconstituição de Bens Lesados do Ministério Público.

As famílias que vão receber as casas vivem hoje em uma área de risco e vulnerável, como lembrou a prefeita Paula. “Sabemos o quanto a habitação é essencial para uma vida digna e somos gratos ao governo do Estado que teve esse olhar sensível para esse projeto que vai mudar a vida de muitas famílias”, disse.

O governador caminhou pela comunidade que será transferida para as casas e conversou com moradores, que demonstraram ansiedade e expectativa para a mudança.

“A previsão é de que as obras estejam concluídas até o final do ano e que as famílias possam passar o Natal já nas novas casas. Esse loteamento vai fazer a diferença na vida dessa comunidade”, afirmou Leite.

As casas têm 42 metros quadrados e buscam atender a uma série de fatores que garantem o bem estar dos novos moradores, como banheiros adaptáveis para acessibilidade e ventilação cruzada e ampla.