ESTADO CONFIRMA SOMENTE UMA BANDEIRA VERMELHA

184
Santa Maria registrou, no último levantamento, aumento de casos de internações em UTI por síndrome respiratória aguda grave (SRAG), de 36 para 39, e por Covid-19, de 34 para 37, o que resultou na redução de leitos livres (tanto na variação como na razão de leitos livres por ocupados). Outro fator que fez com que a região voltasse a ficar em bandeira vermelha foi o aumento no número de óbitos (de 14 para 15 nas últimas duas semanas, alta de 7%).

Sem pedidos de reconsideração à classificação preliminar do Distanciamento Controlado pela segunda semana consecutiva, o Gabinete de Crise manteve, após reunião nesta segunda-feira (5/10), apenas a região de Santa Maria em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto) no mapa definitivo da 22ª rodada do modelo.

Na prática, os municípios da região que aderiram ao sistema de cogestão podem adotar protocolos semelhantes aos das demais 20 regiões Covid classificadas em bandeira laranja, com exceção das atividades presenciais de educação, que têm regras mais restritivas.

A vigência das bandeiras da 22ª semana do Distanciamento Controlado começa à 0h desta terça-feira (6/10) e se encerra às 23h59 da próxima segunda-feira (12/10). Acesse o mapa em www.distanciamentocontrolado.rs.gov.br .

RESUMO DA 22ª RODADA

Região que apresentou piora (1):
LARANJA > VERMELHA
– Santa Maria (em cogestão)

Regiões que permanecem iguais (20)
BANDEIRA LARANJA
– Uruguaiana
– Capão da Canoa (em cogestão)
– Taquara (em cogestão)
– Novo Hamburgo (em cogestão)
– Canoas (em cogestão)
– Guaíba
– Porto Alegre (em cogestão)
– Santo Ângelo (em cogestão)
– Cruz Alta (em cogestão)
– Ijuí (em cogestão)
– Santa Rosa (em cogestão)
– Palmeira das Missões (em cogestão)
– Erechim (em cogestão)
– Passo Fundo (em cogestão)
– Pelotas (em cogestão)
– Bagé
– Caxias do Sul (em cogestão)
– Cachoeira do Sul (em cogestão)
– Santa Cruz do Sul (em cogestão)
– Lajeado (em cogestão)