EDUARDO LEITE RENUNCIA AO CARGO DE GOVERNADOR DO RIO GRANDE DO SUL

131
Eduardo Leite (PSDB) durante coletiva de imprensa no Palácio Piratini — Foto: Reprodução/RBS TV

Governador não disse a qual cargo vai concorrer. Eduardo Leite é mencionado como eventual candidato à Presidência, apesar de ter perdido as prévias do PSDB para João Doria. Vice-governador Ranolfo Vieira Jr. assumirá o cargo.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), disse, nesta segunda-feira (28), que renunciará ao cargo e que permanecerá no partido. A data, seis meses antes das eleições, é o prazo estabelecido pela legislação eleitoral para que um político deixe um posto no Executivo a fim de concorrer a outro cargo, além da reeleição.

Apesar de ter sido derrotado nas prévias do PSDB à Presidência da República, o governador segue cotado para disputar o cargo. Na última pesquisa Datafolha, divulgada na quinta-feira (23), Eduardo Leite aparece com 1% das intenções de voto no cenário sem o governador de São Paulo, João Dória. Leite, que não disse a qual cargo pretende concorrer, afirmou ter telefonado para Joãp Doria antes do anúncio de renúncia.