ARTIGO – GESTOS DE HUMANISMO

444
Sid em uma de suas diversas participações no Treze Horas.

Sid: Gestos de humanismo durante uma vida exemplar

Clayton Rocha

Sid, um digno, alguém que, pacientemente, ascendeu pelas escadarias das suas próprias virtudes. Fica a sua história, rica em gestos e em sinais preciosos e inesgotáveis de humanismo. Ele vai agora, mas na verdade sempre esteve em sintonia com as grandezas espirituais do andar de cima: entendia de valores humanos e respeitava o próximo, em pleno acordo com os sinais da divindade. Ele não só sabia rezar, mas também dava o exemplo. Viveu todo o seu tempo fazendo isso! Não deve nada a ninguém, puro de coração que era. Sid alcança agora, e sem queixas ou temores, o endereço definitivo das almas superiores. Ali ele se sentirá em casa, banhado de Luz.

VEREADORA MIRIAM MARRONI FALA SOBRE A MORTE DE SIDNEI MATIAS FAGUNDES, O SID – Podcast