A VOLTA DA FEIRA DO LIVRO

28

PROJETO DO EVENTO LITERÁRIO, QUE RETORNA APÓS INTERVALO DE DOIS ANOS, FOI APRESENTADO

A Feira do Livro de Pelotas voltará à praça após dois anos de intervalo em decorrência da pandemia de Coronavírus. O projeto foi apresentado esta semana à prefeita Paula Mascarenhas que ressaltou a importância do evento tradicional para a cidade e para o estímulo à leitura. “Esse foi um primeiro encontro, a ideia central está sendo encaminhada, o Poder Público vai apoiar e queremos oportunizar alguns eventos culturais com foco na formação de leitores”, observou Paula.

Conforme a presidente da Câmara Pelotense do Livro, Bety Lovatel, a proposta de 2022 será diferenciada, com ocupação de outros espaços da praça e com prioridade para a essência da Feira. “A gente vai resgatar a questão literária da Feira. Nosso objetivo é fazer com que as pessoas se motivem pela leitura e descubram seus gostos por meio de eventos culturais com escritores, trazendo o público para o encontro com os livros”, destacou.

Também acompanharam a apresentação o secretário de Cultura, Paulo Pedrozo, o diretor de Manifestações Populares da Secult, André Müller, e os integrantes da Câmara Pelotense do Livro e organizadores da Feira, Gelson Lovatel e Theia Bender.