ELEIÇÕES 2020: MDB PODERÁ FICAR DE FORA DA DISPUTA

247
Fabrício Matiello desistiu da candidatura por questões financeiras. O MDB não se organizou para um projeto que viabilizasse a disputa.

Um dos mais tradicionais partidos políticos de Pelotas – do RS e do país – poderá ficar de fora da disputa pela prefeitura municipal. A ata da convenção do MDB foi registrada fora do prazo. O advogado Fabrício Matiello havia anunciado desistência da candidatura a prefeito. Ele também se desfiliou do MDB. “No dia da convenção tinha dito que a minha candidatura dependia da formação de uma estrutura mínima o que não aconteceu. Não tenho queixa de ninguém e deixo o partido livre para seguir o rumo que desejar”, disse ele a reportagem do jornal Correio do Povo.

O 2º vice-presidente do partido em Pelotas, Marcionil Coelho disse que até a tarde de ontem não tinha recebido nenhum documento oficial do candidato desistindo da candidatura. Estava prevista para esta quarta-feira uma reunião da Executiva do MDB. “Ele retirou a candidatura e a prioridade é ter candidato próprio, mas  decidiremos amanhã (hoje). Por causa do atraso na entrega da ata da convenção não corremos o risco de ter a candidatura impugnada”, disse o Coelho.