ANEEL FORMALIZA TRANSFERÊNCIA DE CONTROLE DA CEEE-D AO GRUPO EQUATORIAL – Podcast

50
Grupo assumiu gestão da distribuidora em 14 de julho, e cerimônia na Aneel formalizou transferência – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini
EM BRASÍLIA O GOVERNADOR EDUARDO LEITE PARTICIPA DA CERIMÔNIA QUE FORMALIZA TRANSFERÊNCIA DA CEEE-D PARA O GRUPO EQUATORIAL ENERGIA – Podcast

Evento foi realizado na sede da agência reguladora, em Brasília

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) formalizou a transferência de controle da CEEE Distribuição (CEEE-D ao Grupo Equatorial Energia. Desde 8 de julho, oficialmente, o grupo já havia assumido a companhia de energia e opera os serviços de energia elétrica para 4 milhões de habitantes ou 1,8 milhão de clientes em 72 municípios na região sul e sudeste do Rio Grande do Sul, incluindo a capital Porto Alegre. O prazo de concessão remanescente é de 24 anos, até julho de 2045.

O evento, realizado na sede da agência reguladora, em Brasília, contou com a presença do Governador do estado gaúcho, Eduardo Leite, do presidente da Equatorial Energia, Augusto Miranda, do novo presidente da CEEE-D, Mauricio Velloso, do Diretor-Geral da Aneel, André Pepitone, e de outros membros da administração pública e do setor elétrico.

“Acreditamos no plano de desenvolvimento do estado e energia é essencial.  Estamos comprometidos em levar um fornecimento com quantidade e qualidade para suportar o crescimento”, afirmou Augusto Miranda em seu discurso.

“Agradeço a Equatorial pela aposta no futuro do Rio Grande do Sul, que tem se preparado para crescer. Somos a quarta economia do Brasil, apesar de ser a sexta população, mas com uma perspectiva econômica muito positiva, também na área de distribuição de energia”, corroborou o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

“Todos nós sabemos que o capital privado é imprescindível para o desenvolvimento da nossa infraestrutura. Nós temos uma demanda de investimento muito grande e vamos fazer o desenvolvimento com esses recursos, por meio dos contratos de concessões”, declarou André Pepitone.

Plano de 100 Dias

A Equatorial Energia já realiza um Plano de 100 Dias na CEEE-D, com o objetivo de tornar a empresa economicamente viável e combater a inadimplência, além de reduzir em cinco anos os índices de duração (DEC), atualmente em 19,31 horas (meta Aneel: 9,90 horas), e frequência (FEC) de interrupções, hoje em 9,99 vezes (meta Aneel: 7,68 vezes), todos acima das metas da agência reguladora.

Para trazer maior confiabilidade e expansão à rede de energia e atendimento ágil à população por meio dos canais presenciais e digitais (internet, whatsapp), o Plano de 100 Dias prevê 2,4 mil ações e o envolvimento de 50 áreas da empresa.

Está prevista a construção de três novas subestações: Zona norte de Porto Alegre (R$ 18,8 milhões em investimentos – 120 mil pessoas); Santa Vitória do Palmar (R$ 8,5 milhões em investimentos – 36 mil pessoas) e Cerro Grande do Sul (em estudo técnico), além da ampliação das já existentes, incluindo as subestações de Osório, Guaíba, Santo Antonio da Patrulha e Porto Alegre 7.

Além disso, o Grupo Equatorial também construirá sete novas linhas de distribuição, entre elas a de Viamão 3 até Águas Claras; 20 novos alimentadores de energia, 208 km de rede de distribuição, 87 mil novas ligações e 1,8 mil novas ligações com obras em linhas. A companhia manterá constante contato com o poder público, empresários, população e outros setores da sociedade, a fim de entender as demandas e as necessidades de investimento.

SOBRE A EQUATORIAL ENERGIA

A Equatorial Energia se consolidou no cenário brasileiro, como uma holding de empresas de alta performance e grandes resultados, com forte atuação no setor elétrico nos segmentos de distribuição, transmissão, geração, comercialização, além da área de telecomunicações e serviços. As empresas que fazem parte do Grupo são: Equatorial Maranhão, Equatorial Pará, Equatorial Piauí, Equatorial Alagoas, CEEE-D no Rio Grande do Sul, Geramar, Equatorial Transmissão, Intesa, Equatorial Telecom, Enova Energia, Sol Energia, Equatorial Serviços e, a mais recente aquisição, a CEA no Amapá.

SOBRE A CEEE-D

A CEEE-D, atualmente pertencente ao Grupo Equatorial Energia, está presente em 72 municípios das regiões Metropolitana, Sul, Centro-Sul, Campanha, Litoral Norte e Litoral Sul e conta com mais de 1,8 milhão de clientes. A CEEE-D passou por um longo período sem investimentos e o momento é de recuperação, com obras que fortaleçam o sistema elétrico na área de concessão. O Plano de 100 Dias trará recursos para a concessionária e promoverá melhorias nos serviços e no atendimento ao cliente.